-

Perto do 100º jogo, Dracena valoriza experiência e exalta atual momento no clube


A um jogo de completar seu centésimo duelo pelo Palmeiras, o zagueiro Edu Dracena celebra o bom momento físico e técnico no Verdão. Um dos mais experientes do elenco e colecionador de diversos títulos de expressão durante a carreira, o jogador de 37 anos valoriza a sua trajetória dentro do futebol para contribuir com o sucesso do time.

“A idade é mais para as pessoas que veem de fora, a minha cabeça é de um garoto de 23 anos. Estou me sentindo bem, confiante, é uma das melhores formas físicas que tive na carreira. Claro que um garoto tem mais agilidade, mas não tem a experiência que eu tenho. Fico feliz pelo momento que estamos vivendo”, falou. “É importante para qualquer jogador (chegar aos 100 jogos). Graças a Deus, eu atingi essa marca na maioria das equipes pelas quais passei, em algumas até mais. 100 jogos com a camisa do Palmeiras não é para qualquer um. Fico muito feliz”, completou.

Campeão brasileiro em 2016 com o Alviverde, Dracena não poupa elogios ao clube paulista. “Eu estou muito feliz no Palmeiras, completarei três anos com esta camisa. O pessoal me recebeu muito bem, eu me dou bem com todos os funcionários. A estrutura que o Palmeiras oferece é de primeiro mundo também”, afirmou o palmeirense, que vê uma equipe ainda mais unida após a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari.

“O ambiente já era muito leve, e, com o Felipão, tornou-se ainda mais leve. O treinador do calibre dele, o respeito que todos têm por ele, é um treinador que tem uma história bonita no clube. Isso faz com que ele passe muito mais coisas para nós porque ele já conhece aqui há muito tempo. Claro que em alguns momentos teremos turbulências, não ganharemos tudo até dezembro. Claro que gostaríamos de vencer sempre, mas, quando não acontecer, temos de continuar trabalhando da mesma forma. A gente sabe que a vida e o futebol são muito dinâmicos, então temos de aproveitar os momentos bons”, opinou.

O zagueiro, inclusive, vê com bons olhos o rodízio promovido pelo treinador no time titular do Palmeiras. “Estamos encarando com muita naturalidade, ele não está priorizando ninguém. Ele está vendo quais jogadores estão mais desgastados, está analisando caso a caso. Ele não está com medo de colocar qualquer jogador para jogar, todos estão dando conta do recado e poderiam ser titulares no Palmeiras ou em qualquer lugar. Isso aumenta a competitividade entre nós”, disse. “É isso que faz a diferença no Palmeiras hoje. Ele pode escolher de olhos fechados que os escolhidos darão conta do recado”, finalizou o camisa 3.

O próximo compromisso do Palmeiras será na quarta-feira (05), às 21h, contra o Atlético-PR, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Já no domingo (09), às 16h, será a vez de medir forças com o rival Corinthians, novamente na arena alviverde, pelo Nacional.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário