-

Roger afirma que provável reforço de rival, foi oferecido ao Verdão


Nesta quarta-feira, a Gazeta Esportiva publicou entrevista coletiva com o presidente do Santos, José Carlos Peres, em que o mandatário afirma que o Peixe deu um ‘chapéu’ no Palmeiras pela contratação do uruguaio Carlos Sánchez. Na Academia de Futebol, porém, a versão é bem diferente.

“O Sanchez é um jogador bastante interessante e foi oferecido ao clube, mas como temos uns três jogadores que podem fazer função semelhante, não foi levado adiante”, disse Roger Machado, que preferiu não entrar na polêmica do ‘chapéu’, mas deu a entender que não houve vitória santista sobre o Verdão.

“Sempre o observei em outros clubes por seu um bom jogador. Foi oferecido, até pelos valores evolvidos, e principalmente das nossas peças de reposição à mesma altura, não foi levado adiante. Moisés faz bem a função, Jean também. Felipe e Thiago menos, porque são mais defensivos, mas estamos bem servidos”.

O Peixe convenceu o Monterrey-MEX com 1 milhão de dólares (R$ 3,7 mi) e recebeu a prioridade em caso de outras propostas. A relação entre as diretorias se estreitou após o amistoso, vencido pelos mexicanos por 1 a 0, no último dia 7, no Estádio BBVA Bancomer.

Sánchez é polivalente. Segundo volante de origem, ele tem facilidade de atuar aberto pelo lado direito do ataque. Ele é destro, tem 1,70 m de altura e foi campeão da Libertadores pelo River Plate-ARG em 2015. O atleta ainda passou por Aragua-VEN, Godoy Cruz-ARG e Puebla-MEX.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário