-

Moisés fala sobre cartão tomado em comemoração


Moisés ficou revoltado pelo cartão amarelo que recebeu no primeiro tempo do jogo entre Palmeiras e Atlético-MG. Autor do primeiro gol do jogo, o camisa 10 foi comemorar atrás do gol, com a câmera de um fotógrafo, e acabou punido pelo árbitro Pericles Bassols por ter demorado demais em seu festejo.

Na ida para o intervalo, o meio-campista fez duras críticas à decisão, citando também o amarelo que Lucas Lima recebeu ao comemorar o gol contra o Santos. Esse cartão fez com que o camisa 20 tivesse de cumprir suspensão automática neste domingo.

- Vergonha. Não vou me omitir na resposta. No jogo passado, já puniram o Lucas (Lima). Era jogo de torcida única, tem que comemorar em algum lugar. Já não pode tirar a camisa, subir no alambrado. Se eu não puder comemorar também... Meus pais estão atrás do gol, fui comemorar com eles - explicou.

Após falha do ex-companheiro Juninho, Moisés fez o gol e correu até o Gol Norte, onde pegou a máquina do fotógrafo do clube, Cesar Greco, e celebrou com os familiares como se usasse um cajado, em alusão ao apelido de Profeta. Ele já havia feito algo parecido como no Dérbi em 2016, na Arena Corinthians.

- Não sei se é com todos os times ou só com o Palmeiras. É uma comemoração que tenho com a torcida pelo apelido. Estão tentando inibir a gente até de comemorar gol, um momento tão marcante no futebol. Uma vergonha - completou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário