-

Artur vive seu dia mais feliz e Wesley celebra: “Ainda bem que acertei”


Diversos garotos sonham em vestir a camisa do Palmeiras. Ter o nome cantado no Allianz Parque lotado, então, é devaneio de milhões, de todas as idades. E Artur conseguiu o feito em sua primeira partida como titular do Verdão.

 “Foi o dia mais feliz da minha vida. A torcida sempre me deu apoio, então joguei leve”, afirmou. Vivo uma experiência única. Passei por um momento muito difícil na minha vida no começo do ano, quando me machuquei. Mas fui forte, e minha família me apoiou. Pude receber uma oportunidade e agarrá-la bem. Foi um 3 a 0 muito bem merecido”, afirmou o jovem de 20 anos.

Artur não chegou a ser surpresa na escalação do Alviverde, considerando os treinamentos de Wesley Carvalho durante a semana, mas vê-lo em campo foi novidade para diversos torcedores. Cria da base, ele havia entrado em campo apenas cinco vezes em 2018, sendo somente três em partidas oficiais.

A baixa frequência em campo também é decorrência da lesão sofrida no início da temporada, quando precisou operar o tornozelo direito e ficou cerca de três meses fora de combate. Nada que abalasse a confiança do treinador da equipe sub-20 do Palestra no atacante.

 “Que bom que eu acertei! Eu precisava de um jogador que jogasse como extremo com velocidade, não queria um meia. Tínhamos analisado o Paraná e eles jogavam com muitas linhas baixas e nós precisávamos de um jogador tanto para flutuar quando para atacar o ultimo terço do campo, e o Artur se encaixaria nesse perfil porque ele é canhoto. Com o Dudu na direita, os dois com os pés invertidos, isso nos daria a possibilidade tanto do jogo por dentro quanto por fora, com os laterais fazendo a dobra ofensiva dos lados do campo”, explicou Wesley Carvalho.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário