-

Palmeirense desde infância, V. Luis mira titularidade e sonha com título pelo Verdão


O ano de 2018 tem sido especial para o lateral-esquerdo Victor Luis. Palmeirense desde a infância, o jogador já atuou em 18 partidas nesta temporada, conquistando a confiança do técnico Roger Machado. Com a recente lesão de Diogo Barbosa, o camisa 26 mantém o otimismo com uma possível sequência na equipe titular do comandante palestrino.

“É uma grande oportunidade que outros jogadores terão também. Tenho de aproveitar da melhor maneira possível”, disse. “Todo jogador tem fome de jogar, por mais que a disputa por posição seja saudável. Mas todo jogador está brigando pelo pão de cada dia. Independentemente de quem entra ou sai, sempre quem sai torce pelos seus companheiros. É isso que faz os grandes vencedores”, completou, valorizando o seu rendimento neste primeiro semestre.

“O ano começou de uma forma muito positiva, eu pude começar jogando. Acabei jogando e dando conta do recado, fazendo partidas consistentes. Eu acho que o ano do Palmeiras tem sido positivo, o grupo vem se conhecendo a cada dia mais e se dedicando aos trabalhos. O meu ano tem sido bom também, estou jogando e ajudando o grupo”, declarou.

Victor Luis, inclusive, sonha em fazer história dentro do clube, principalmente por ser o seu time do coração. “Eu acho que a realização de todo torcedor é ver o time campeão. Eu tenho a oportunidade de ser torcedor e ainda estar atuando em campo, isso já é a realização de um grande sonho meu. Mas também quero realizar o sonho de ser campeão de algo grande estando dentro de campo. Eu acho que é a realização de qualquer um, mesmo os que não eram torcedores do Palmeiras e estão atuando aqui hoje”, afirmou o lateral, que conhece bem o próximo adversário do Alviverde pelo Campeonato Brasileiro: o Ceará.

“Joguei em 2014 pelo Palmeiras e em 2015 não estava sendo aproveitado, pedi uma oportunidade para ser emprestado para adquirir experiência e confiança. O Palmeiras me deu a oportunidade de atuar pelo Ceará, e o ano foi muito bom para mim, apesar de não brigarmos por títulos. Eu pude jogar e sentir o calor da torcida do Ceará, que é muito calorosa e abraça o jogador. Agradeço ao Ceará por tudo o que fez pela minha carreira, desde o torcedor até a presidência. Foi um período legal para a minha vida pessoal e profissional”, finalizou.

O Palmeiras enfrenta o Ceará neste domingo (10), às 16h, em Fortaleza-CE, pela 11ª rodada do Brasileirão. Já na quarta (13), às 21h, será a vez de receber o Flamengo, no Allianz Parque, novamente pelo Nacional.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário