-

Moisés crê em ajuda divina para converter seu pênalti na semifinal


Sorte, tranquilidade, precisão, treino… Existem muitas teorias para explicar quem marca ou perde uma cobrança nas disputas por pênaltis, e Moisés acredita que teve uma ajuda divina para converter o quarto chute alviverde contra o Santos, pela semifinal do Campeonato Paulista.

“Não foi minha melhor batida no pênalti, mas eu treino sempre muito firme. Todas as semanas eu executo cobranças, mesmo não tendo uma partida que possa ir para os pênaltis. Deus foi ali, me abençoou, me deu uma forcinha e eu pude fazer o gol”, disse o camisa 10.

“Eu suspeitei que ele podia pular ali e eu gosto de bater firme rasteiro. Mas acabei chutando forte e a bola subiu um pouco. Mas as vezes eu bato no chão e ele pega, então o que importa é que entrou e eu puder comemorar”, completou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário