-

Maurício Galiotte minimiza polêmica de reportagem com Jailson: "Não posso punir o atleta"


A estreia do Palmeiras nesta quinta-feira na Libertadores, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia, foi um dos temas do novo Seleção SporTV, agora comandado por André Rizek. Galvão Bueno, Muricy Ramalho e Lédio Carmona foram os primeiros convidados.

Da Colômbia, o presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, participou ao vivo do programa, ao lado do repórter André Hernan.

Entre muitos assuntos, Galiotte falou sobre a reportagem do Globo Esporte com a mãe do goleiro Jailson, corintiana que foi ao clássico ver seu filho jogar.

– É uma reportagem que criou polêmica. Uma reportagem que criou muita repercussão. Uma grande parte do torcedor do Palmeiras não gostou, mexeu com o clube e a torcida. E eu entendo perfeitamente esse sentimento do torcedor. Agora, como presidente eu preciso expressar o seguinte. Nosso contrato é com o Jailson, ele é nosso atleta profissional, ele que veste a camisa e nos represente. E tem feito muito bem – disse Galiotte.

– O Jailson é extremamente dedicado, um atleta muito bom de grupo, comprometido, e é o que importa para o gestor, que é o meu caso, em relação ao que aconteceu. As demais pessoas envolvidas não têm nada a ver com o Palmeiras. Quero dizer que o Jailson é atleta, tem contrato conosco, isso que é o mais importante. O torcedor é paixão, não admite, mas eu entendo o lado do torcedor. Mas eu não posso de maneira nenhuma punir o jogador, futebol não é isso. Foi uma matéria que, jornalisticamente, é muito profunda. Ele comentou rapidamente comigo uma preocupação com esse assunto, mas ele não pôde fazer nada, é uma relação de família. Ele não se envolveu, não pôde fazer absolutamente nada e eu entendi – completou o presidente.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário