-

Mattos diz que só trará zagueiro se for para 'chegar e jogar'


Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, diz que está atento ao mercado de zagueiros após a saída de Yerry Mina para o Barcelona, mas avisa que só trará um reforço para a posição se for para "colocar a camisa e sair jogando".

- Se o Palmeiras for buscar alguma situação, tem que ser diferente, para colocar a camisa e sair jogando. Até o momento estamos confiantes com o que temos aqui. O único jogador que o Palmeiras procurou foi o Gil (ex-Corinthians e hoje no Shandong Luneng, da China). Eu liguei para o empresário dele e a resposta foi negativa para esse ano. Não enxergamos ainda nenhum jogador que a gente tenha condição de fazer. E falo em condição porque eu queria o Piqué, mas o Piqué eu não vou conseguir - disse o dirigente, à ESPN Brasil.

Além de Gil, houve conversas pelo paraguaio Gustavo Gómez, que joga no Milan. Mattos diz que o atleta foi oferecido por seu empresário, mas o negócio só sairia se o Palmeiras fosse comprá-lo. 

- O empresário ligou, perguntou se havia interesse. Eu perguntei qual era a situação. Tinha que ser venda. Isso tem 20 dias, não teve mais nada.

- Se eu falar que eu fechei (o elenco), todo mundo vai rir. O Mina saiu. A partir do momento que sai um jogador, o Palmeiras tem por obrigação olhar a sua base, e temos o Pedrão treinando muito bem, e alguma oportunidade de mercado que supra aquilo ali. Até o momento, não - finalizou.

Neste momento, os titulares da posição são Antônio Carlos e Thiago Martins. As outras opções do elenco são Edu Dracena, Juninho, Luan, Emerson Santos e Pedrão.

Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário