-

Roger defende Borja e valoriza opções no elenco do Verdão


Keno abriu o placar para o Palmeiras neste domingo, em vitória sobre o Bragantino, dois minutos após entrar na vaga de Miguel Borja. Para o técnico Roger Machado, porém, se tratou apenas de uma coincidência, uma vez que o Verdão já dominava o adversário desde o primeiro minuto de jogo.

“As alterações não foram porque não estávamos produzindo para vencer. Desde o começo estávamos com um domínio grande, fazendo jogadas de profundidade e criando as situações de gol. Claro que nosso segundo tempo, colocando um jogador descansado e com características diferentes, alteramos um pouco o jeito de jogar”, afirmou o treinador.

Borja foi substituído aos 16 minutos do segundo tempo. Em campo, o camisa 9 teve uma oportunidade claríssima de gol, mas demorou a finalizar e chutou em cima do goleiro Alex Alves. Em outro momento, o centroavante fez boa jogada pela direita, mas Tchê Tchê desperdiçou a oportunidade.

Já sobre os demais atletas, Roger Machado também foi só elogios. A partida deste domingo marcou o retorno de Felipe Melo, Willian e Marcos Rocha aos titulares, após serem poupados no duelo de quinta-feira, contra o Red Bull Brasil.

” Quando você repete ao menos 80% da equipe, adquire entrosamento. Mas ao memos tempo, sendo quatro jogos em dez dias, pode sobrecarregar a questão física. O que o jogo mostrou foi que Felipe, Rocha e Willian, bem descansados, renderam em alto nível. O Victor Luis esteve fora e deu oportunidade para o Michel, que fez um grande jogo. O que eu tenho dito é que todos peguem ritmo de jogo jogando. Porque treino é uma questão e jogo é outro. Até esse momento está sendo bem administrado”, completou, antes de explicar as alterações deste domingo.

“As alterações se diferem pela característica do jogo. Hoje era importante, depois da entrada do Moisés, e com o Lucas aguentando bem o jogo, a gente continuar com velocidade pelos lados, caso do Guerra e do Keno. E o Willian na frente, que dá uma mobilidade boa. Isso tudo modifica o panorama da partida a nosso favor”, finalizou o treinador.

A próxima semana será a primeira livre para os palmeirenses treinarem desde o início do Campeonato Paulista. O Verdão volta a campo somente no domingo, quando recebe o Santos na arena, às 17h (de Brasília). Já o Bragantino enfrenta o Red Bull em Campinas, no sábado, às 19h.



Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário