-

Roger classifica atitude de Dudu como 'louvável' e cita chance de seleção


Roger Machado não escondeu a alegria de ter ouvido que Dudu decidiu recusar uma proposta do futebol chinês para ficar no Palmeiras. O treinador definiu a atitude como louvável e diz entender o objetivo do jogador de marcar época no Palestra Itália.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (24), o comandante conseguiu até traçar comparações com os objetivos que ele tinha quando jogava futebol. Na carreira, o hoje comandante atuou em apenas três times: Grêmio, Vissel Kobe e Fluminense.

"Eu converso com os atletas e externo dois pontos de vista: ex-atleta e treinador. Eu joguei em três clubes, recusei ofertas de fora do país, mais vantajosas, porque entendia que idolatria estava conectadas com a permanência e com a conquista de títulos. Foram 17 anos como jogador e tive três só casas. Eu entendo a decisão do Dudu, é louvável. Quando se deseja construir história, marcar uma geração, é preciso permanecer", iniciou.

"Como ele é jovem, haverá outros momentos para pensar em outras ambições que não sejam fazer história. Tem também a possibilidade de chegar à Seleção, a adaptação da família, os filhos e ficar na mesma cidade. Tudo isso entra na conta. E o torcedor reconhece o esforço de deixar de lado uma vantagem financeira para continuar", completou o comandante.

Na última terça-feira, Dudu veio a público ao lado do diretor de futebol, Alexandre Mattos, para anunciar que recusou uma quarta proposta vinda da China. A última oferta era de R$ 51 milhões ao Palmeiras pela liberação e um salário que ultrapassava a casa dos R$ 1,3 milhão por temporada.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário