-

Dudu prevê ‘clássico quente’ contra Corinthians


A proximidade de Palmeiras e Corinthians na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro é mais um ingrediente especial para o clássico do próximo domingo (05), às 17h, na casa do adversário. Com 54 pontos conquistados e na vice-liderança do Nacional, o atacante Dudu tem ciência da importância de vencer mais um duelo para o Verdão seguir em evolução dentro do torneio.

“Será um clássico muito quente, são duas equipes querendo vencer, e o time deles pressionado por ter caído de rendimento no segundo turno. A gente vem em um momento bom, fazendo grandes jogos desde que o Alberto (Valentim) assumiu. Esperamos fazer um grande jogo no domingo e que vença o melhor”, declarou o camisa 7, valorizando o encontro com o clube alvinegro.

“É um jogo especial. De uma semana para cá, é o jogo mais esperado do campeonato porque estamos na segunda colocação, cinco pontos atrás deles. Por ser um clássico, a cidade praticamente para, não só a cidade, mas acho que o Brasil todo vai parar”, afirmou. “O clássico iguala muito, será um jogo muito igual. Eles caíram um pouco de produção em relação ao que fizeram no primeiro turno. Temos de ter tranquilidade e jogar no erro deles para tentar a vitória”, emendou.

Apesar da possibilidade de ficar bem perto da liderança se superar o Corinthians, o jogador palmeirense mantém a cautela com o futuro da equipe no Brasileirão. “Não é final, depois deste jogo terão mais seis”, declarou. “Temos de olhar para trás, estamos um ponto à frente do Santos e três do Grêmio. Temos de ir jogo a jogo, sempre focado no próximo jogo, mas estamos focados no G-4. Claro que queremos o título, ninguém é bobo de falar que não quer, mas são 20 times brigando e apenas um ganhará. Estamos brigando para nos manter no G-4 e também queremos o título”, completou o palestrino.

Por fim, Dudu não poupou elogios ao técnico Alberto Valentim. “Virou um grande amigo meu, sempre converso com ele e peço para me orientar. Ele vem fazendo isso comigo e com todos os jogadores, ele tem um carinho muito grande por cada jogador. Isso nos deixa feliz, dá vontade de correr por ele e dar a vida por ele. Temos de fazer o máximo de pontos possível para conquistar o nosso objetivo neste ano e o dele no ano que vem, que é ser treinador”, finalizou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário