-

Dudu ainda não se vê como ídolo no Palmeiras: “Falta a Libertadores”


Grande nome do Palmeiras no empate em 3 a 3 contra o Cruzeiro nesta quarta-feira, o atacante Dudu ainda não se vê como um ídolo na equipe alviverde. Feliz com o carinho do torcedor palmeirense, o camisa 7 almeja um título maior para alcançar uma posição entre os grandes do tradicional time paulista.

“Fico feliz pelo carinho do torcedor, mas acho que falta algumas coisas para me tornar um ídolo aqui no Palmeiras. Espero continuar desse jeito para quem sabe me tornar um ídolo da torcida”, afirmou Dudu durante entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Com o Palmeiras perdendo por 3 a 0 no primeiro tempo, o atacante assumiu a responsabilidade e marcou dois dos três tentos da equipe na etapa complementar, garantindo o resultado quase positivo para o Verdão.

“Hoje em dia no Brasil, estão tratando as pessoas como ídolo por pouca coisa. Eu já conquistei o Brasileiro e a Copa do Brasil e falta um campeonato maior que esses dois, que ao meu ver é a Libertadores, para me tornar ídolo aqui”, acrescentou o jogador.

No empate contra o Cruzeiro, Dudu mudou de posicionamento no meio da partida, atuando, na segunda etapa, para suprir a saída do meia Alejandro Guerra. Depois de render na posição, o jogador deixa ao técnico Cuca sua escalação.

“A gente tem um treinador muito competente para isso. No meio do jogo ele sabe o que fazer para render melhor. Espero que a gente possa continuar assim”, analisou o camisa 7, artilheiro da nova arena palmeirense com 17 gols.

Mesmo após a ótima atuação, o atacante lamentou sua parte física depois de 20 dias sem atuar. “No final do jogo fiquei muito cansado, por isso falei que não estou cem por cento fisicamente. A gente perde ritmo de jogo”, completou o jogador.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário