-

Cuca elogia Borja, mas diz que espera mais participação do atacante


Apesar de ter sido o autor do gol da vitória do Palmeiras contra o Atlético-GO, o colombiano Miguel Borja ainda não totalmente nas graças de Cuca. Após a partida, o treinador do Verdão até elogiou o atacante, mas reafirmou que espera que ele seja mais participativo em outras etapas do jogo - e não somente dentro da área na hora da conclusão.

– O Borja foi o mais ovacionado. Ninguém mais do que o torcedor está querendo, empurrando e ajudando. Ele fez o gol que nos deu a vitória, mas tem coisas que tem de melhorar. A recomposição, as linhas precisam jogar mais perto. Temos de trabalhar. Não só em cima dele, mas em cima de outros jogadores também – analisou Cuca, em entrevista ao ?UOL. 

– A montagem do time de hoje não é de time pegador, de roubar a bola. Nós não tínhamos volante jogando. Tínhamos Jean e Tchê Tchê, que mal e mal são segundo volante e gostam de sair para jogar. É natural que não tenha a compactação na roubada de bola. Nós não tivemos a referência de pivô para um jogo deste tipo – completou.

O comandante alviverde está dando um voto de confiança ao jogador. Cuca fez questão de lembrar que outros fatores, como o psicológico, também contribuem para que a adaptação do atleta seja mais lenta que o imaginado por todos no clube:

– É o perfil de cada jogador [ser mais tímido, menos participativo]. Não adianta querer que todos atuem da mesma forma. Ele é assim. Por mais que a gente converse, busque algo... Ele tem o perfil e a personalidade dele e temos de entender – concluiu.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário