-

Conmebol reduz pela metade a pena de Felipe Melo


A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) reduziu pela metade a pena de Felipe Melo, do Palmeiras. O volante havia sido punido com seis jogos de gancho e multa de 10 mil dólares por conta da briga com jogadores do Peñarol, no Uruguai, na quarta rodada da primeira fase da Libertadores, no dia 26 de abril, em Montevidéu.

Com isso, a pena cai para três jogos. Como Felipe Melo já cumpriu dois (não atuou contra Jorge Wilstermann, na Bolívia, e Tucumán, em São Paulo), o volante fica livre para enfrentar o Barcelona de Guayaquil, do Equador, na partida de volta das oitavas de final, no dia 9 de agosto, em São Paulo.

A redução da pena foi decidida pela Câmara de Apelações da Conmebol, espécie de segunda instância do tribunal que julga assuntos relacionados à competição sul-americana. A nova decisão, assinada pelo equatoriano Guillermo Saltos Guale, presidente da Câmara de Apelações, é definitiva. Não cabe recurso.

Com a boa notícia na Conmebol, Felipe Melo ganha fôlego extra para sua recuperação. O volante está se recuperando de uma cirurgia na mão esquerda e de uma lesão na coxa direita, sofridas no sábado passado, diante do Fluminense – a previsão de retorno é de seis semanas. O jogo de volta contra o Barcelona de Guayaquil será no dia 9 de agosto. Ou seja: se tudo der certo, Felipe Melo terá tempo apto para jogar contra os equatorianos.

Paralelamente a isso, o Palmeiras ainda vai tentar, no próximo dia 23, recorrer da punição ao clube, proibido de ter torcida como visitante em três jogos da Libertadores (além de uma multa de 80 mil dólares).


Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário