-

Cuca revela que teve dúvidas sobre retorno e vê 'necessidade' de títulos, não 'obrigação'


No começo da tarde desta terça-feira, o treinador concedeu sua primeira entrevista coletiva após o retorno, acertado na última sexta-feira, substituindo Eduardo Baptista. O chamado, cinco meses após a despedida, mexeu com o treinador.

"Eu, na verdade, estava com alguma dúvida em voltar ao Palmeiras, porque é muito precoce. Eu tinha uma condição de sair. Um dos motivos principais que me fizeram vir ao Palmeiras foi o conhecimento de casa. Hoje temos uma responsabilidade muito maior, mas o conhecimento de casa que abrevia uma boa parte do trabalho", disse.

Cuca revelou que já estava negociando com o mercado asiático para voltar ao trabalho, mas recebeu o convite de Alexandre Mattos e optou por voltar, mesmo com a "pressão". Se na outra chegada ele prometeu título, desta vez a coisa mudou.

"Esse momento do Palmeiras é um momento inverso. Não tem que vir aqui e falar que vai ser campeão. Hoje, o Palmeiras se auto pressionou por falar que vai ganhar tudo. Isso foi prejudicial até para o Eduardo (Baptista). No primeiro campeonato que ele não ganhou, ele já sentiu isso", afirmou.

"Essa pressão, o Palmeiras não precisa puxar para si. Ele tem a necessidade de ganhar os títulos, mas não a obrigação", completou.

"Quero poder vencer com o Palmeiras, mas são competições difíceis. Assim como o Palmeiras quer vencer, os outros da Libertadores também querem. Temos que nos preparar bem, precisamos estar super preparados para essa conquista", ponderou.

O trabalho do antecessor também foi assunto para Cuca, que elogiou Eduardo Baptista, ressaltando a missão difícil que ele tinha pela frente.

"O Eduardo fez um trabalho bom. Entrar naquele momento no Palmeiras, mesmo se eu tivesse continuado, ia ser complicado. Hoje o Palmeiras tem uma necessidade maior do que no ano passado", avaliou.

Em sua primeira experiência como técnico do time paulista, Cuca trabalhou por nove meses e somou 28 vitórias, 11 empates e 11 derrotas, deixando o clube após a conquista do título do Campeonato Brasileiro de 2016. Antes disso, na época de jogador, defendeu o clube em 24 oportunidades em 1992.


Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário