-

Após reencontro, Zé Roberto revela primeiro contato com Cuca


O Palmeiras inicia a sua trajetória no Campeonato Brasileiro desta temporada no próximo domingo (14), às 16h, diante do Vasco, no Allianz Parque. Atual campeão da competição, o Verdão estreia no Nacional com o retorno de Cuca, que conduziu a equipe na vitoriosa campanha de 2016. Experiente, o lateral-esquerdo Zé Roberto crê que a volta do técnico ao clube será importante para o Alviverde ter sucesso novamente no torneio, sobretudo pela motivação trazida pelo profissional.

“A primeira impressão que tivemos é de que o Cuca veio muito motivado e o grupo o abraçou, até porque é um treinador que agregou muito no ano passado. Tivemos uma conquista importante para o clube e tudo isso foi muito positivo. A preparação já iniciou, o pensamento é fazer um grande jogo no domingo contra um Vasco que não joga há muito tempo e está se preparando somente para este jogo”, comentou o camisa 11, que detalhou ainda mais o reencontro com Cuca.

“O primeiro contato foi no vestiário, ele chegou com um sorriso no rosto e cumprimentado cada um. Pude perceber que ele veio motivado, este retorno dele será muito importante para ele e para nós. Na primeira vinda, ele não conhecia quase ninguém do elenco, agora ele conhece a maioria, poucos jogadores não trabalharam com ele. Por conhecer a característica de cada jogador, com certeza daremos continuidade ao que fizemos no ano passado”, falou.

Zé Roberto, inclusive, não escondeu a admiração que tem pelo comandante palestrino. “Ele é muito estrategista, ele me surpreendeu muito no ano passado, no sentido de montar o time de acordo com o time que enfrentaríamos. Muitas vezes ele surpreendeu a todos, só não surpreendeu a ele mesmo, que já sabia tudo o que iria fazer. Por ter um elenco farto e com jogadores que podem atuar em várias posições, além de manter a mesma base do time do ano passado, ele tem diversas possibilidades de fazer um time muito bom e competitivo”, projetou o jogador.

Já sobre uma possível nova conquista do Brasileirão, o lateral manteve a cautela e o respeito com os adversários do Verdão. “Tive a felicidade de jogar em vários países, disputar e ver vários campeonatos. Em meu ponto de vista, o Campeonato Brasileiro é o mais difícil. Você entra em uma competição que não tem como apontar um favorito. O Brasileiro inicia com 10 ou 12 na disputa. Eu acredito que no ano passado pudemos ver e aprender muita coisa com a conquista da competição. Daremos continuidade a tudo aquilo que foi positivo no ano passado”, finalizou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário