-

CHERIFÃO! Dracena deve estrear na vaga de Mina na Libertadores

Na quarta-feira, contra o Atlético Tucumán, na Argentina, o experiente zagueiro devera ser o substituto de Yerry Mina, suspenso. Ele levantou o troféu em 2011.


O Palmeiras vai estrear na Taça Libertadores da América sem Yerry Mina, suspenso por ter sido expulso em seu último jogo no torneio, ainda pelo Santa Fe, da Colômbia. Com isso, o time poderá ganhar a ganhar a experiência de um campeão da competição. Edu Dracena é o mais cotado para a vaga na partida de quarta-feira, contra o Atlético Tucumán, às 21h45 (horário de Brasília), na Argentina.

O zagueiro de 35 anos tem em seu currículo uma conquista de Libertadores, em 2011, pelo Santos. Ele comandava o time que tinha Neymar, Ganso, entre outros, e levantou a taça no Pacaembu, após final contra o Peñarol. Acabou sendo chamado de "Capitão América" pelos santistas. Agora, quer usar toda essa experiência a favor do Verdão.
Em campo, o camisa 3 do Verdão vive um momento de confiança. Participou com frequência do título brasileiro do ano passado, sempre substituindo Vitor Hugo ou Mina quando necessário. Em 2017, já atuou em quatro jogos oficiais, enquanto o colombiano ainda buscava melhor forma física, e recebeu elogios.

Ter a chance de iniciar uma Libertadores como titular ainda compensa uma frustração do jogador. Edu Dracena foi contratado para ser um dos principais nomes do time em 2016, mas lesionou a panturrilha direita ainda na pré-temporada e perdeu espaço.

Das seis partidas que o Palmeiras realizou na Libertadores do ano passado, ele esteve apenas na derrota por 1 a 0 para o Nacional, no Uruguai, já pela quarta rodada da fase de grupos quando Cuca estreou no comando da equipe, e no empate por 3 a 3 diante do Rosario Central, na Argentina. Nos outros jogos, Roger Carvalho e Thiago Martins se revezaram para fazer companhia a Vitor Hugo. Na sequência, Mina foi contratado e tomou conta da vaga.

Edu, agora, chega mais confiante para 2017, mesmo sendo reserva. Ao lado de Borja, Guerra, Arouca, Willian e Alecsandro, forma um seleto grupo dentro do elenco que já conquistou a Libertadores. A aposta é de que seja importante ao longo da competição não só dentro de campo. Como quando foi o "Capitão América" há seis anos.
Share on Google Plus

About Palmeiras WebTV

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário