-

Antônio Carlos destaca concorrência e fala em aprendizado no Verdão


Eduardo Baptista já afirmou que pretende mexer no time e rodar o elenco do Palmeiras nas últimas rodadas do Campeonato Paulista. Mas, sem poder contar com Vitor Hugo, suspenso, e Mina, que foi convocado pela seleção colombiana, o treinador deve escalar a dupla de zaga para a partida contra o Mirassol sem surpresas, com Edu Dracena e Antônio Carlos.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, Antônio Carlos destacou a grande concorrência interna no dia a dia palmeirense como motivação extra e aprendizado.


– O Palmeiras ano passado foi considerado o time de melhor zaga. Foi uma honra ter jogado em Tucumán. O Mina tem me ajudando bastante, é novo, mas é rodado, jogador de seleção. Converso um pouco com cada um, Vitor Hugo, Mina, Thiago Martins, que infelizmente está fora. Busco um pouco do Zé, do Felipe Melo, para aprender – disse o atleta.


– A amizade do grupo aqui é muito boa, todos estão trabalhando forte. Quem entrar vai dar conta do recado. Estamos treinando para isso, todos aqui têm confiança. Quando acontecer como nesse jogo, com pessoas estreando, todo mundo vai bem – completo.


Ao lado de Edu Dracena, o ex-defensor da Ponte Preta vai estrear no Campeonato Paulista. Contratado em janeiro deste ano, o zagueiro de 24 anos atuou apenas duas vezes em 2017: no amistoso contra a Chapecoense, em janeiro, e na partida contra o Atlético Tucumán, pela Libertadores.


No duelo na Argentina, que terminou empatado em 1 a 1, Antônio Carlos atuou ao lado de Edu Dracena, com quem vai repetir parceria nesta quarta-feira.


– A motivação é grande, mas primeiro é não tomar gol, ajudar desarmando, falando, na vontade, organizando o time. Jogar do lado do Edu Dracena vai me ajudar muito, como me ajudou em Tucumán – afirmou o defensor.


Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário