-

Por título, Cuca pede tranquilidade e Allianz Parque lotado


A trajetória do Palmeiras no Campeonato Brasileiro de 2016 está perto do fim. A sete jogos de encerrar a sua participação no torneio, o Verdão segue na liderança isolada e com ótima perspectiva de levantar o troféu do Nacional. Experiente, o técnico Cuca, no entanto, sabe que a batalha será árdua para o Alviverde colocar mais uma taça em sua rica coleção de conquistas. Por isso, o técnico quer os seus comandados jogando com tranquilidade e cautela.

“Estou bem tranquilo e passo esta tranquilidade para eles, temos de ir passo a passo. Temos quatro pontos à frente, e para quem os tem parece tão pouco, mas para quem não os tem, que está buscando, parece maior do que a gente imagina. Temos de saber conviver e jogar cada partida como uma final. A primeira é domingo, um jogo difícil, assim como foi em Recife. Depois disso, faltarão seis partidas”, declarou, referindo-se ao duelo com o Sport, no domingo, às 17h, no Allianz Parque.

Para o embate contra os pernambucanos, inclusive, o treinador não poderá contar com o atacante Gabriel Jesus, suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. “Pena que não estaremos com o Gabriel, que está suspenso, mas temos de tudo para fazer um grande jogo. Agora faltam 45 dias para o fim do ano. Armazenaremos o máximo de energia para gastar nessas sete partidas”, falou. “Já jogamos sem ele, jogamos contra o Corinthians e outras partidas”, emendou Cuca, aproveitando para explicar o motivo de ter colocado o camisa 33 como capitão da equipe no confronto com o Grêmio, pela Copa do Brasil.

“Trouxe o Edu (Dracena), que seria o capitão naquele jogo, e conversei com ele e o Gabriel juntos. O Edu passou a braçadeira para o Gabriel, até como prêmio. É um menino de 19 anos, que em um ano passou por tudo. É ídolo do Palmeiras, campeão da Olimpíada, titular da Seleção e foi vendido para um time da Inglaterra. E, mesmo com esse processo, ele continua um menino humilde e lutador, se doando. Quando ele vai para a Seleção, você vê ele falando em Palmeiras, isso dá alegria. É um prêmio para ele pelo que tem feito para nós”, contou.

Por fim, o técnico ressaltou a importância de contar com o Allianz Parque lotado até o término do Brasileirão, a começar pelo encontro com o Sport. “É um diferencial enorme. Pode até falar que não ganha jogo, mas ajuda muito. A torcida do Palmeiras é muito boa. Às vezes é impaciente, mas temos de entender que é até pela necessidade de ganhar esse campeonato. Ela tem feito a diferença nesses jogos em casa”, finalizou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário