-

Zé Roberto fala sobre sequência decisiva do Verdão e confirma que vai jogar mais um ano


Líder isolado do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras inicia nesta quarta-feira, às 21h45, contra o São Paulo, no Allianz Parque, uma verdadeira série de decisões diante de rivais que brigam ponto a ponto com o clube palestrino no topo da tabela do Nacional. Experiente e multicampeão durante a sua carreira, o lateral-esquerdo Zé Roberto tem a receita exata para o Verdão ter um bom aproveitamento nas próximas rodadas do torneio: usar a matemática e a inteligência.

“Temos uma sequência de confrontos diretos contra São Paulo, Grêmio, Flamengo, Corinthians, Coritiba... Essa fase da competição definirá muita coisa acerca da projeção que o Cuca nos passou sobre pontuação. Estamos em uma fase em que temos de fazer contas, esse é um fator que nos ajudará muito daqui para a frente. É uma fase de matemática, de inteligência e de saber jogar o campeonato. O nosso time está ciente dos números que nos foram passados e encararemos cada jogo como uma final. A cada jogo, nós pularemos uma etapa. Estamos em contagem regressiva”, comentou.

Apesar da primeira colocação no Brasileiro, o camisa 11 sabe que o time verde e branco precisa ter muito cuidado com o embate contra os são-paulinos. “A equipe está muito focada para este jogo, e tivemos uma pausa no fim de semana. Treinamos no sábado, meio forte, e no domingo tivemos a folga. É difícil existir favoritismo em um clássico, são duas equipes com muita tradição, dois grandes clubes. A gente leva um pouco de vantagem por jogar em casa, mas não diria que o Palmeiras é favorito”, disse. “Um clássico fica 50% para cada lado e muitas vezes é decidido em detalhes”, emendou, destacando, porém, o fator casa no confronto desta quarta.

“Não existe time imbatível no Brasileiro, todas as equipes entram pensando no resultado positivo, que é a vitória. Sabemos que temos uma boa invencibilidade jogando em casa, embora a gente tenha perdido um jogo para o Atlético-MG. Mas a gente tem feito grandes jogos em nosso estádio. Se mantivermos o bom retrospecto, o foco e a nossa mentalidade, que é pontuar a cada jogo, a possibilidade de vencer é grande”, projetou.

Por fim, Zé Roberto admitiu adiar a sua aposentadoria, já que vive grande fase com o Verdão. “Eu declarei que me aposentaria (em dezembro), mas, do jeito que as coisas andam, voltarei ao meu discurso de quando cheguei ao Palmeiras: jogar até os 50. Isso tudo está me levando para que eu jogue. Com 42, eu estou jogando em alto nível, em um time grande, com possibilidade de ganhar um campeonato depois de 22 anos e possibilidade de jogar a Libertadores. É difícil ficar em casa comendo pipoca (risos), quero jogar, dar carrinho... Eu já poderia ter parado, mas o que me move é a motivação, e a motivação que eu tenho é conquistar títulos, ainda mais em um clube como o Palmeiras”, finalizou.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário