-

Mina celebra rápida adaptação e fala sobre dança em comemoração de seus gols


Yerry Mina é sinônimo de alegria no Palmeiras. Autor do primeiro gol do Verdão na vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, na última quarta, o colombiano entrou na sala de coletivas da Academia de Futebol com um largo sorriso para explicar os passos de dança em suas comemorações e a rápida adaptação ao novo clube.

Contratado do Independiente Santa Fe, Mina chegou ao Palmeiras para ser titular e com um longo contrato – válido até 2021. Não encontrou dificuldades para se integrar aos novos companheiros e se sentir em casa. Superou uma lesão muscular sem se abater e voltou para retomar seu espaço no time.

– Estou agradecido a Deus por estar nesse grande clube, com grandes companheiros. Sem eles, nada disso seria acontecido. Eles me ajudaram a entrar no grupo rapidamente – afirmou o jogador.

– Quando eu estava na Colômbia sempre sonhei em estar em um grande clube como esse. Eu sempre penso positivo, que vou fazer gols. Acredito que a lesão foi algo muito duro, eu vinha fazendo as coisas bem, vinha tranquilo, trabalhando. Eu era recém-chegado, mas meus companheiros me acolheram. Agora voltei, estou trabalhando para ser campeão com meus companheiros, a diretoria e a comissão técnica.

Adepto dos passos da “salsa choke”, estilo musical colombiano, Mina reafirmou o próprio estilo e disse que se trata de algo tradicional na maneira de se expressar em seu país. Após os gols, portanto, aguardem novas danças.

– Nós colombianos temos isso no sangue. Desde que nascemos, está conosco a música, a dança. Sempre dançamos. Alguns se expressam assim, outros de outra maneira, mas a maioria das pessoas de onde venho tratam de expressar essa alegria quando fazem gols – explicou.

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Mina é desfalque do Palmeiras no próximo domingo, às 18h30 (horário de Brasília), contra o Grêmio, em Porto Alegre. Thiago Martins e Edu Dracena lutam por uma vaga ao lado de Vitor Hugo.
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário