-

WTorre explica "troca" de jogo por sessão de cinema no Allianz Parque


A exibição da pré-estreia de um filme no estádio do Palmeiras não caiu muito bem entre os torcedores. Na última segunda-feira, a WTorre, empresa que administra a arena alviverde, anunciou evento no local para o próximo dia 22, mesma data da partida do time de Cuca contra o América-MG, pela décima rodada da competição nacional. 

Segundo a construtora, a decisão pela realização do evento foi tomada em conjunto com o clube. As outras opções de datas implicariam ao Verdão perder o mando de campo no clássico contra o Corinthians, no próximo domingo, ou contra o Santa Cruz, no dia 18.

– Passamos as datas ao clube. Sabemos da importância da programação. É uma decisão em que você sempre tem uma perda – afirmou Rogério Dezembro, CEO de entretenimento da WTorre, nesta terça-feira.

Ainda de acordo com a WTorre, o Palmeiras tentou transferir a partida contra o clube mineiro de quarta para quinta-feira, dia 23, o que permitiria a realização dos dois eventos no complexo. A Confederação Brasileira de Futebol, porém, não acatou o pedido alviverde. O mais provável é que o jogo contra o América-MG seja realizado no Pacaembu.

– Não estamos falando de uma decisão de campeonato – completou o dirigente.

Nas redes sociais, torcedores promovem boicote ao evento, que vai causar ao Verdão a perda de mais um mando de campo. O duelo contra o Grêmio, na semana passada, foi disputado no Pacaembu por causa de um show. No Paulistão, o Verdão também foi obrigado a jogar no estádio municipal contra São Bento, RB Brasil, Rio Claro e Corinthians.

A produção "Independence Day: O Ressurgimento" deve receber até cinco mil pessoas no estádio palmeirense. Os ingressos para a exibição do filme custarão entre R$ 45 e R$ 140 - os bilhetes estarão à venda a partir do dia 9 de junho. 



Fonte: Globo Esporte
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário