-

Mais tranquilo Mattos fala sobre torcida, reforços e arbitragem


O sábado foi perfeito para o Palmeiras. Desta vez dentro e fora de campo. Depois dos acontecimentos que envolveram torcedores do Verdão nas últimas semanas (briga em Brasília e sinalizadores em Curitiba), o time do técnico Cuca contou com o apoio de 34 mil palmeirenses na tarde deste sábado, na arena, na vitória por 3 a 1 sobre o Santa Cruz, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois de incidentes negativos, como a briga em Brasília e os sinalizadores no Paraná, a postura dos palmeirenses na arquibancada voltou a ser notícia. Nos vestiários, Alexandre Mattos deu entrevista para elogiar a postura dos palmeirense e se desculpar por um termo usado em Curitiba, na quarta-feira. 

– Aproveitando, vou mudar uma palavra na crítica que fiz de cabeça quente: de "bandidos" para "inconsequentes". Não tem de brigar, usar sinalizador, porque a consequência é o Palmeiras ser punido, mandar jogo fora. Fica o recado para os inconsequentes, e não bandidos, como falei antes – afirmou o dirigente.

– Queremos a presença em massa incentivando. Brigas, sinalizador, jogar copo d'água, como no clássico que estamos com esse problema, é que precisamos de resolver. Isso prejudica. Fica só a nossa alegria de ver a torcida batendo recordes e nosso muito obrigado pela festa. Aqui dentro, o Palmeiras com essa torcida e festa será muito difícil de ser batido – completou.

Na última sexta-feira, Alexandre Mattos e Paulo Nobre foram até a sede da CBF, no Rio de Janeiro, para reclamar dos frequentes erros de arbitragem que vinham prejudicando o Palmeiras nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Neste sábado, no início do segundo tempo, Grafite aproveitou cruzamento e, de cabeça, marcou para o Santa Cruz. A posição do atacante, porém, era de impedimento.

– Vamos manter o que sempre fizemos, ganhando, perdendo, empatando. Se achar que tem de ter alguma reclamação, enviamos vídeos. Achamos nessa semana que era bom ir conversar, sem gritaria, sem nada. Sinceramente não vi o lance de hoje na televisão ainda, muita gente está falando que estava impedido. Se estava, vamos lamentar e cobrar da maneira que tiver de ser – avisou o dirigente.

Sem Alecsandro, suspenso por pelo menos 30 dias por causa de doping, Cuca tornou público o seu desejo de contratar um atacante. Mas, o pedido ainda é analisado com calma e tranquilidade pela diretoria do Palmeiras.

Segundo Alexandre Mattos, não há nenhuma negociação no momento para a chegada ou saída de jogadores no elenco do Verdão. 

– São situações internas. Conversamos diariamente sobre tudo. Obviamente o Palmeiras está aberto, não pelo problema do Alecsandro. Ninguém esperava e hoje o Róger Guedes é titular. Naquele momento muita gente falava que não havia necessidade, mas todo mundo está vendo que foi uma boa aposta pensando no Palmeiras de agora e no futuro. Se aparecer uma oportunidade de mercado, seja atacante ou de outra posição, não tem problema algum – disse o diretor palmeirense.



Fonte: Globo Esporte
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário