-

Rafael Marques valoriza dias de trabalho e aguarda Brasileirão: ‘Dá saudade’


Dias de muito suor e trabalho. Este é o resumo das últimas semanas do Palmeiras, que se prepara de forma intensa para a disputa do Campeonato Brasileiro deste ano. Junto com o restante do elenco na cidade de Atibaia, no interior de São Paulo, o atacante Rafael Marques admitiu que sente falta de atuar em uma partida oficial, mesmo após ter suprido um pouco desta ausência no jogo-treino desta quarta-feira (11), contra o Guarani, que terminou com o placar de 6 a 2 para o Verdão.

"Não tem como, gostamos de estar sempre jogando. Não em excesso, como é nosso calendário, mas três semanas dá saudade. Um jogo-treino é completamente diferente de um Brasileiro ou até uma Copa do Brasil, e estamos com saudade. Temos de mostrar para a torcida porque estamos aqui, e aproveitar essas duas semanas que trabalhamos para ficarmos à frente das equipes”, declarou o jogador, que marcou um gol e deu uma assistência no confronto com o rival de Campinas.

E, de acordo com o camisa 19, este tempo junto de seus companheiros será primordial para a evolução da equipe. "Pelo fato de não estar jogando muito, a gente perde o ritmo de jogo. Essas três semanas foram focadas nisso. Quando precisar jogar, de titular ou não, corresponderei à altura. Essa parte de pegada e de postura será bem positiva", afirmou, elogiando o trabalho de Cuca.

"Eu acho que o Cuca tem um estilo de jogar que gosta de marcação, procura pegar lá em cima. Talvez nestas três semanas ele busque focar nisso. Muitos jogadores não vinham jogando, ele procurou igualar todos e deixar nas mesmas condições físicas. É uma equipe que brigará e será mais aguerrida dentro de campo. Eu tenho visto isso", analisou.

O ótimo relacionamento entre os atletas palestrinos também é um fator importante para o sucesso do Palmeiras, segundo o atacante. “Nunca deixamos de estar fechados. Posso colocar a mão no fogo. A minha permanência se deu pelo ambiente que temos aqui. Sempre gostei de ambientes positivos, saudáveis, e aqui nunca tivemos (grupo rachado). Criou-se essa questão, mas aqui dentro nunca tivemos. Óbvio que está melhor porque nunca podemos acomodar. Nunca teve clima ruim”, declarou Rafael Marques.



Fonte: Site Oficial 
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário