-

Prass sente torcida muito ansiosa e pede calma aos palmeirenses


Antes do Campeonato Brasileiro começar, Cuca chamou a responsabilidade ao afirmar que o Palmeiras será o campeão nacional no fim do ano. Mas o discurso para motivar o elenco e resgatar a confiança do torcedor, abalada com as eliminações inesperadas no Paulistão e na Libertadores, agora precisa ser trabalhado pelos atletas para que não jogue contra o próprio time.

Capitão do Palmeiras, Fernando Prass diz que sentiu a arena alviverde diferente, durante a vitória por 2 a 0 contra o Fluminense, na última quarta-feira, pela terceira rodada da competição nacional. O goleiro ressaltou as dificuldades do torneio e afirmou que a tranquilidade pode ser uma grande aliada do Verdão até o fim da temporada.

– A pressão é grande, e eu senti uma coisa diferente. A torcida parecia muito ansiosa e intranquila desde o início do jogo. Vamos ter de trabalhar isso. Se a torcida entender que o Brasileiro é um jogo difícil e que não vamos ganhar as 35 rodadas que faltam, fica mais fácil. Vão haver tropeços e não levaremos de ponta a ponta – disse o goleiro.

– O campeonato se ganha lá no fim. Claro que os mesmos pontos de hoje são os das últimas rodadas, mas é um campeonato longo, e o torcedor precisa ter paciência – completou.

Depois de estrear no Brasileirão com uma goleada contra o Atlético-PR, o Palmeiras acabou derrotado na rodada seguinte para a Ponte Preta, em Campinas. A recuperação veio na última quarta-feira, contra o Fluminense, o que levou o time de Cuca aos seis pontos na tabela de classificação.

No domingo, o Verdão terá o seu primeiro clássico paulista no torneio nacional, quando enfrenta o São Paulo, no Morumbi. Para Fernando Prass, uma briga direta pelo título brasileiro deste ano.

– Tivemos um tropeço contra a Ponte que nos custou três pontos. O diferencial neste Brasileiro é somar pontos fora de casa e fazer com que os adversários diretos, como o São Paulo, não somem em casa. Temos de fazer um bom jogo e usar como parâmetro o que fizemos contra o Atlético-PR, a Ponte e o segundo tempo contra o Fluminense – avaliou o goleiro.



Fonte: GloboEsporte
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário