-

Por título brasileiro, Prass cobra evolução do time em casa


Eliminado logo na primeira fase da Copa Libertadores e na semifinal do Campeonato Paulista, o Palmeiras inicia o Brasileiro entre os principais candidatos ao título. Na tentativa de conquistar o torneio nacional, feito que o clube não alcança desde 1994, Fernando Prass cobra uma evolução como mandante.

“Sabemos que, para brigar na parte de cima da tabela, é necessário fazer um aproveitamento excepcional em casa. No ano passado, não tivemos e houve um momento em que passamos a priorizar a Copa do Brasil. Agora, sem dúvida estamos preocupados em fazer valer o mando de campo”, afirmou.

Nono colocado no Brasileiro 2015, o Palmeiras terminou com nove vitórias, quatro empates e seis derrotas como mandante, conquistando 31 pontos de 57 possíveis. Já o Corinthians, campeão nacional, marcou 50 pontos em casa com 16 triunfos, dois empates e uma derrota.

“O Cuca tem batido muito nessa tecla. Precisamos criar uma identidade com o estádio e com a torcida para que o fator campo faça a diferença. Fora de casa, você busca alguns pontos, porque os jogos são equilibrados, mas sem dúvida temos que fazer do Allianz um diferencial ao longo do torneio”, afirmou Prass.

No Campeonato Brasileiro 2015, apesar da alta taxa de ocupação nas arquibancadas, o Palmeiras perdeu para adversários frágeis, como os rebaixados Vasco e Goiás. No último Paulista, ainda sob o comando de Marcelo Oliveira, o time voltou a tropeçar diante de Linense e Ferroviária.

No segundo semestre de 2016, estão previstas apresentações de Aerosmith, Eros Ramazzotti e Andrea Bocelli para o Estádio Palestra Itália, o que deve implicar em jogos do Palmeiras como mandante no Pacaembu, algo que não agrada Fernando Prass.

“Por mais que o Pacaembu também seja casa do Palmeiras, a verdadeira é o Allianz. Pela acústica, tem uma pressão maior em cima do adversário. Começamos bem o Brasileiro, mas são 19 jogos, incluindo clássicos e partidas complicadas contra Grêmio, São Paulo, Corinthians… Temos que fazer o diferencial que não fizemos no ano passado”, afirmou Prass.



Fonte: Gazeta Esportiva

Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário