-

De volta ao time, Dudu destaca função e deixa "problema" para Cuca


Dudu divide a opinião de torcedores quando o assunto é a sua função tática. Mas, enquanto muitos ainda acham que o atleta possui características de um autêntico ponta, o camisa 7 do Palmeiras deixou clara a sua preferência por atuar centralizado.

Livre, como um "falso 10", Dudu subiu de produção no segundo tempo da partida contra o Fluminense. Rápido na ligação do meio com o ataque, ele foi importante nos contra-ataques, com dribles rápidos e precisão nos passes. Mesmo mais recuado, na teoria, teve grande importância na chegada à área adversária.

– Ano passado joguei praticamente a temporada toda assim. Me sinto à vontade nessa posição, pude voltar e participar mais do jogo. No primeiro tempo não participei muito do jogo. Agora é descansar e pensar no São Paulo no domingo – disse o atacante, que passou a atuar nessa função com Marcelo Oliveira, em 2015.

Dudu não atuava como titular do Palmeiras desde o dia 24 de março, quando o Verdão foi derrotado pelo RB Brasil, ainda pela primeira fase do Campeonato Paulista. De lá para cá, ele participou das partidas contra Corinthians, São Bernardo e Ponte Preta, todas elas entrando no segundo tempo.

Recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, o atacante comemorou o fato de ter atuado os 90 minutos da vitória contra o Fluminense. Questionado sobre como Cuca deve montar o Verdão daqui para frente, ele brincou.

– Pude participar bem, estou feliz por ter jogado 90 minutos Agora esse problema eu deixo para o Cuca escalar o time, quem ele achar que vai ser melhor para o time. (Problema bom) Acho que sim, ele vai ter de quebrar a cabeça para escalar a equipe – completou o jogador.

Na primeira etapa da partida contra o Fluminense, Cuca apostou em uma formação com um trio ofensivo rápido: Róger Guedes, Dudu e Gabriel Jesus. Depois de encontrar dificuldades para furar a retranca da defesa carioca, o Verdão voltou do intervalo com Alecsandro como referência, recuando o trio e montando a equipe no 4-2-3-1.

– No primeiro tempo não jogamos muito bem. Eles tiveram algumas chances em bola parada, mas suportamos bem. No segundo tempo conseguimos imprimir o ritmo que queríamos ter imprimido no primeiro tempo, e conseguimos fazer dois gols. (Na primeira etapa) A zaga deles estava muito atrás, quase que não conseguimos fazer nenhuma diagonal, que é o que o Cuca estava pedindo. Esse ataque, para jogar fora de casa, vai ser uma opção boa – avaliou Dudu.



Fonte: GE
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário