-

Cuca quer Brasileirão 'mata-mata' no Verdão e repete discurso campeão


Dia 20 de dezembro de 1992. Cuca entrava em campo pela última vez com a camisa do Palmeiras para encerrar sua curta passagem pelo clube com um vice-campeonato paulista. Por poucos meses, o meia-atacante acabou não fazendo parte daquele histórico elenco que tirou o Verdão da fila em 1993 e marcou época na década de 1990. 

Como treinador, o curitibano de 52 anos retornou ao clube no início de março, para substituir o demitido Marcelo Oliveira, sonhando completar a história interrompida com o time do coração. Confiante, ele aposta que o Palmeiras será campeão brasileiro.

– Agora é a hora. É o nosso ano. O que está acontecendo com o Palmeiras hoje é uma coisa muito clara de como está crescendo como clube. O Cuca está falando que é (campeão), mas pode não ser porque é da bola. Mas é iminente. Tem 22 anos que o Palmeiras não ganha (um Brasileiro), está na hora de ter essa nova conquista, fazer uma montagem boa por uma Libertadores melhor do que foi essa. O Palmeiras tem essa condição – disse o treinador, em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com.

Sem tempo e local para pescar, seu passatempo preferido, Cuca aproveita o trabalho intenso na Academia de Futebol para curtir outro hobby: ver futebol. Mas nem isso o faz deixar o Palmeiras em segundo plano. Na última quarta-feira, assistindo aos jogos das oitavas de final da Libertadores, ele decidiu não deixar o CT. Como o trabalho no dia seguinte seria logo pela manhã, o treinador improvisou e dormiu no sofá da sala da comissão técnica. 

– Gosto de ver jogo. Assistir futebol e pescar. Como não tem onde pescar aqui, estamos vendo jogo – brincou.

Vivendo intensamente o Palmeiras, Cuca começa a criar laços importantes de confiança com a torcida. Logo após a troca com o Cruzeiro, que mandou Robinho e Lucas para Minas Gerais e trouxe Fabiano e Fabricio para São Paulo, o treinador foi a público explicar o processo e chamar para si a responsabilidade, processo que tem sido comum desde o início do trabalho da atual comissão técnica.

Um exemplo claro aconteceu na Vila Belmiro. Momentos após a eliminação nos pênaltis para o Santos, na semifinal do Paulistão, Cuca chamou a atenção ao afirmar que o Palmeiras será o campeão brasileiro. Para o sonho se transformar em realidade, ele já tem até um plano em mente: fazer do torneio nacional um "mata-mata".

– Eu não precisava falar. Poderia ficar quieto. Mas nós vamos ser campeões do Brasileirão. Não é demagogia nem ofensa a outro time, é porque nós vamos buscar. Vou conversar com o grupo, eles vão dividir isso comigo. Vai ser jogo a jogo. Vamos fazer do Brasileiro um mata-mata a cada partida – disse.



Fonte: Globoesporte.com

Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário