-

Cuca projeta duelo com Grêmio e reverencia Pacaembu: ‘É a nossa casa também’


A dois dias de retornar a campo pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Cuca reconhece que o Palmeiras não terá vida fácil nesta quinta-feira (02), às 21h, diante do Grêmio, no estádio do Pacaembu. Mesmo como mandante, o treinador admite que a equipe gaúcha vive grande momento na competição nacional, e, para o Verdão sair vencedor do Estádio Municipal, precisará anular os pontos fortes do rival.

“O que o Grêmio tem de mais forte? Toque de bola, qualidade. Os dois volantes do Grêmio jogam muito com a bola no pé, e os dois meias também jogam assim. Não jogam com centroavante enfiado, e possuem um quadrado no meio. Geralmente, ganharão o meio-campo e, com essa qualidade, ganharão a linha de fundo pelos lados, além da posse de bola que o Roger conseguiu implementar. É em cima disso que temos de imaginar a nossa equipe”, declarou o palmeirense, que quer fazer valer o fator casa contra o adversário do Rio Grande do Sul, mesmo que o embate não seja no Allianz Parque.

“O pessoal fica falando que Palmeiras só joga em casa, então beleza, jogaremos em casa agora. A gente vê em Brasília (contra o Flamengo) o que poderá ser feito de diferente das outras duas fora. Não deixaremos de jogar no Allianz Parque agora porque a gente quer, mas por forças maiores, e o Pacaembu é a nossa casa também. Precisamos do apoio do torcedor, é um time jovem e precisa de apoio. Uma equipe aguerrida que lutará para conseguir a vitória”, afirmou.

Cuca, inclusive, aproveitou a entrevista coletiva desta terça-feira (31), na Academia de Futebol, para esclarecer o mal-entendido com o atacante Dudu, que ocorreu após o clássico contra o São Paulo, no Morumbi, no último domingo (29). O treinador elogiou o jogador e até o confirmou entre os titulares para a partida desta quinta.

“Por que estaria fora (contra o Grêmio), se jogou o último jogo até o final? A não ser que tivesse uma opção tática, mas a opção tática com ele é muito boa e será titular sempre que puder jogar”, disse. “Eu não falei do Dudu, vocês (imprensa) me perguntaram do Dudu. Então eu falei que ele é um jogador muito importante, precisamos muito dele e que naquela jornada não tinha ido bem como a gente precisa que vá. Ele sabe que pode e renderá mais porque temos confiança nele. Converso com todos os jogadores, gosto muito do Dudu e tem idade para ser meu filho, só quero poder ajudá-lo e fazer ele render mais”, explicou.

Depois de encarar o Grêmio no Pacaembu, o Palmeiras volta a campo no domingo (05), às 16h, para enfrentar o Flamengo, em Brasília-DF, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Já no dia 12 de junho (domingo), também às 16h, será a vez de medir forças com o rival Corinthians, também pelo Nacional.



Fonte: Site Oficial
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário