-

Cuca pede mais apoio dos atacantes na marcação para evitar tropeços


O técnico Cuca surpreendeu na escalação do Palmeiras e levou a campo um time com quatro atacantes para encarar o São Paulo, no domingo, no estádio do Morumbi. A surpresa não surtiu o efeito esperado e a equipe alviverde acabou sendo derrotado por 1 a 0. Para o treinador, um dos motivos do resultado negativo foi a falta de combatividade dos jogadores da frente e a maior necessidade deles pensarem no time coletivamente.

"Conversei com eles depois do jogo e falamos que não temos só de atacar. Precisamos de consciência coletiva, pessoal da armação e da frente tem que saber que, quando perde uma bola, precisamos reduzir espaço. O gol que tomamos foi assim. Perdemos a bola e resultou em um contra-ataque. Não precisamos ser tão preciosistas na hora de chegar à frente", disse o treinador.

Para o jogo contra o Grêmio, nesta quinta-feira, no estádio do Pacaembu, o treinador deve fazer mudanças na equipe. Ele acredita que perderá Gabriel Jesus para a seleção brasileira que disputa a Copa América Centenário e, por isso, já estuda a entrada de Moisés entre os titulares.

"Eu poderia ter começado o jogo com o Moisés, mas ele ainda não tem condição de jogar 90 minutos. De repente, ele vai iniciar jogos para ser o nosso articulador. Posso colocar o Dudu mais aberto e talvez faça isso na quinta-feira. O Moisés ficaria mais responsável por armar a equipe", projetou o comandante palmeirense.



Fonte: Estadão
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário