-

C. Xavier e Egídio são dúvidas para o Choque-Rei de domingo


O desempenho ruim durante o primeiro tempo da partida contra o Fluminense, nesta quarta-feira, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, e os problemas físicos de dois jogadores obrigaram o auxiliar Cuquinha a fazer alterações durante o intervalo. Com desgaste muscular, Egídio e Cleiton Xavier foram trocados por Alecsandro e Moisés na segunda etapa. O time da casa melhorou e anotou os dois gols que lhe deram o segundo triunfo no torneio nacional.

“No segundo tempo, mudamos já sabendo o que era preciso fazer. O Egídio sentiu a coxa, e o Cleiton sentiu o cansaço, dor no adutor (músculo da coxa)”, explicou o irmão de Cuca durante entrevista coletiva após a vitória alviverde. O auxiliar esteve no banco à frente do comando palmeirense em função da suspensão do técnico, que foi expulso na derrota para a Ponte Preta, no último sábado, por reclamar da arbitragem de Leandro Vuaden.

Sendo assim, Egídio e Cleiton Xavier são dúvidas para o Choque-Rei com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi. Os atletas serão avaliados nesta quinta-feira na Academia de Futebol. Cuca deve treinar seus titulares com bola somente sexta-feira e sábado.

Caso Cleiton Xavier não se recupere, Moisés é uma opção para o clássico no meio de campo palmeirense. Alecsandro, autor do segundo gol nesta noite, é outra possibilidade. O veterano seria um centroavante à frente do trio formado por Róger Guedes, Gabriel Jesus e Dudu.

Na lateral, Fabrício e Zé Roberto brigam pela vaga de Egídio. Apesar de que o polivalente Tchê Tchê não comprometeu ao exercer a função no segundo tempo da vitória contra o Tricolor das Laranjeiras.



Fonte: Terra
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário