-

Após 4 a 0 em casa, Cuca projeta outra ‘final’ contra Ponte: ‘Jogo dificílimo’


Depois de golear o Atlético-PR por 4 a 0, no último sábado (14), no Allianz Parque, o Palmeiras volta a campo pelo Campeonato Brasileiro uma semana depois para encarar a Ponte Preta, em Campinas-SP. Sempre confiante em seus discursos com o título da competição, o técnico Cuca vê o duelo com o rival alvinegro como mais uma decisão no Nacional, mas sabe que ainda falta muito para ter o sucesso desejado na competição.

“O segredo é pensar no jogo da Ponte Preta, é um jogo dificílimo na casa da Ponte. O meu pensamento e o do grupo é o jogo seguinte, temos de pensar neste jogo como mais uma final de campeonato, ainda que faltem mais 36 depois dessa. Temos de somar o máximo de pontos nesta partida, e Deus queira que sejam os três. Mas sem dúvidas que será um jogo muito difícil”, falou.

O comandante, inclusive, demonstrou muito respeito com o adversário deste final de semana. “A torcida da Ponte é muito influente, e eles têm um time bem trabalhado. A gente tem acompanhado a Ponte, e eles vêm fazendo bons jogos. Lá em Campinas, eu nunca tive um jogo fácil, sempre foram difíceis, mas iremos com otimismo para um bom resultado”, declarou, destacando os últimos dias de trabalho na Academia de Futebol.

“Foi uma semana cheia e boa para trabalhar. No começo da semana, nós trabalhamos a parte técnica, e depois a tática. A gente sai fortalecido, e isso é bom porque, quando tivermos uma sequência de jogos, teremos energia armazenada para gastarmos”, destacou.

Retornando de lesão, o atacante Dudu pode ser uma das novidades durante a partida deste sábado. “Ele (Dudu) joga pelas beiradas, lados esquerdo e direito, atrás do atacante... A gente o vê como um jogador importante, assim como os outros. Volta a ser uma opção, e ele precisa buscar um lugar de titular no time. Ele tem de mostrar a condição de ser titular, e quem está de titular tem de tentar se manter ao máximo. Cresceremos com isso”, explicou. “Temos de pensar com calma. Faz 45 dias que o Dudu não participa de um jogo, é precipitado pensar no jogo desde o início, até porque ele não fez nenhuma parte de um jogo. E, se o Barrios não puder jogar, joga o Alecsandro”, completou.

Por fim, Cuca relembrou a ótima estreia no Brasileirão e pediu outra boa atuação diante da Ponte Preta. “Eu imaginava um jogo bom, o jogo de estreia causa ansiedade em todos, imagina nos mais jovens. Foi positiva, não pelo 4 a 0, mas pela maneira como o time jogou. Parecia um time com trabalho a médio prazo, mas já é um jogo passado. Temos de justificar aquele jogo em cima do próximo que teremos. Temos de ter regularidade e estar sempre jogando bem”, finalizou o treinador.



Fonte: Site Oficial
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário