-

Verdão investiu R$ 16 milhões em atacantes que ainda não marcaram em 2016


O numeroso elenco do Palmeiras costuma catalisar os momentos de crise no clube. Afinal de contas: com tantas opções disponíveis no plantel, como que o Verdão consegue perder para equipes tão inferiores? A quantidade elevada de jogadores também coloca em cheque o departamento de futebol, que parece contratar sem um planejamento combinado com a comissão técnica. Para 2016, por exemplo, o alviverde investiu R$ 16 milhões em dois atacantes que ainda não marcaram na temporada. As informações são do UOL.



A diretoria investiu R$ 13 milhões na contratação de Erik, revelação das últimas edições do Brasileirão. Outros R$ 3 milhões foram gastos para manter Rafael Marques, peça importante na temporada passada. A dupla até foi titular no último final de semana, contra o Água Santa, mas vem tendo pouco espaço em 2016. Tanto que foram os únicos do setor ofensivo do Palmeiras que ainda não balançaram as redes.

O que mais impressiona é a queda de rendimento dos dois atletas. Principal jogador do Goiás, Erik marcou 15 gols na temporada passada - mesmo número de Rafael Marques, que terminou o ano como vice-artilheiro do Verdão. O camisa 19 ainda teve atuação de destaque nos clássicos, marcando cinco gols contra Corinthians e São Paulo. Em 2016, provavelmente pela falta de oportunidades, os dois são rascunhos dos jogadores que eram em 2015.



Nesta quinta-feira, contra o Rio Claro, os dois voltam para o banco de reservas. Rafael Marques dá lugar a Lucas Barrios, enquanto Erik deixa a equipe para o retorno de Gabriel Jesus. Pouco se discute sobre a titularidade de Barrios e Jesus, o que se questiona é a necessidade de investir R$ 16 milhões em atletas que se tornaram reservas de luxo no alviverde.


Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário