-

Robinho diz que aprendeu com o Nacional e promete catimba na 5ª


Os jogadores do Nacional (URU) tiraram os palmeirenses do sério no jogo da quarta-feira passada, sobretudo o goleiro Esteban Conde. Em vantagem no placar desde o primeiro tempo, os uruguaios apostaram na catimba e em deixar o jogo parado pelo maior tempo possível para conservar a vitória por 2 a 1 no Allianz Parque. O meia Robinho diz que vai usar o episódio como lição.

- Se a gente for ver o primeiro jogo, contra o River, ficamos na frente duas vezes e não fizemos nenhum tipo de cera (houve empate por 2 a 2, no Uruguai). Esse jogo contra o Nacional serviu para a gente aprender um pouquinho. Se está na frente, tem que dar uma enrolada, arrumar uma confusãozinha. Se estivermos na frente, com certeza que vou ser um que vai enrolar um pouquinho - avisou o camisa 27.

O Palmeiras reencontra o Nacional (URU) às 21h45 de quinta-feira, no Parque Central, em Montevidéu. Os uruguaios lideram o Grupo 2 da Copa Libertadores com cinco pontos, enquanto os brasileiros ocupam a segunda colocação, com quatro, mesmo número do Rosario Central (ARG), que nesta rodada visita o lanterna River Plate (URU), dono de apenas dois pontos.

Neste cenário, uma vitória colocará o Palmeiras na liderança do grupo. Uma derrota, porém, pode empurrar a equipe para a terceira colocação, sendo que o próximo desafio é diante do Rosario, e na Argentina. Por tudo isso, Robinho quer absorver o mais rápido possível o que o técnico Cuca tem a ensinar.

- A gente estava sem confiança nenhuma em campo. Temos que pegar essa confiança do clássico aí (vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo), do primeiro tempo contra o Rosario (outra vitória por 2 a 0, no Allianz Parque, ainda com Marcelo Oliveira). E sugar tudo o que o Cuca tem para nos passar nesses três dias aí - comentou Robinho, que ainda não sabe em qual posição será escalado.

- Não que eu estivesse jogando errado, porque já fiz essa função que o Marcelo pedia outras vezes, jogando pelo lado. Claro que, por dentro, eu acho que posso render mais para mim. Para a equipe, o Marcelo achava que eu poderia render mais ali pelo lado. Isso vai da forma do treinador ver o jogo, vamos ver o que o Cuca acha, se eu vou jogar.



Fonte: LanceNet!
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário