-

Por 1ª vitória em casa no ano, Jean pede apoio da torcida contra Rosario


Um dos times cotados para ser protagonista em 2016, o Palmeiras nem sequer venceu como mandante no ano. Para quebrar o jejum dentro de casa, o volante Jean pede apoio incondicional da torcida no confronto com o Rosario Central, marcado para as 21h45 (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio Palestra Itália, pela Copa Libertadores.

“A torcida é uma força muito grande a nosso favor. Temos a chance de contar com um estádio em que todas as forças estão voltadas a nós. O público apoia desde o primeiro segundo. É claro que todos os adversários estão bem preparados, mas temos que correr atrás para conquistar logo uma vitória ali dentro”, disse Jean.

O Palmeiras desperdiçou as quatro oportunidades que teve para vencer como mandante em 2016. Depois de empatar com o São Bento no Pacaembu (2 x 2), o time alviverde perdeu no Palestra Itália para Linense (2 x 1) e Ferroviária (2 x 1) e ficou no empate contra o Santos (0 x 0).

O confronto com o Rosario Central, pela segunda rodada da Copa Libertadores, ganha ainda mais importância diante dos recentes questionamentos ao técnico Marcelo Oliveira, que ainda não conseguiu formar um time capaz de corresponder as expectativas criadas após o título da Copa do Brasil 2015.

“É um jogo decisivo, muito importante para todos nós sairmos dessa série chata sem vencer. Estamos focados e sabemos da importância que tem a partida, ainda mais depois do último resultado negativo”, disse Jean em alusão ao revés diante da Ferroviária no domingo, pelo Campeonato Paulista.

A exemplo do que fez antes da final da Copa do Brasil diante do Santos, os torcedores do Palmeiras prometem receber o elenco alviverde com festa já nas imediações do Estádio Palestra Itália. Jean, um dos oito reforços para a temporada 2016, está ansioso para viver a experiência.

“A adrenalina já começa a subir. Ver uma multidão fazendo festa na chegada mexe com qualquer um”, disse o volante, descartando a possibilidade de a torcida pressionar diante de uma eventual demora para marcar. “Acho que vão apoiar o tempo todo. Se tiverem que se manifestar, vão deixar para o final”, completou.

O Palmeiras já vendeu mais de 30,5 mil ingressos para o confronto com o Rosario Central e a tendência é que o público se aproxime das 40 mil pessoas. Marcelo Oliveira deve repetir o time usado contra a Ferroviária, formado por Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Jean, Robinho e Dudu; Gabriel Jesus e Alecsandro.



Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário