-

Mattos, sobre chegada de reforços: 'Se for necessário, o Palmeiras faz'


Com duas derrotas em dois jogos no comando do Palmeiras, o técnico Cuca disse que está avaliando o elenco e que pedirá reforços à diretoria se achar necessário. O diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, avisou que está esperando a análise do novo comandante e que voltará ao mercado se ele solicitar.

- É o que ele disse, está avaliando. Vai avaliar, se for necessário o Palmeiras já mostrou que faz o que tem de fazer. O Palmeiras vem em um processo, há um ano e dois meses, de reformulação. Precisava trocar o elenco todo, por isso que vieram muitas contratações. Precisamos, na verdade, ter atitude. Não vou dizer vontade, porque nunca faltou vontade, mas atitude de time grande, organizar - disse o dirigente.

Sob a batuta de Alexandre Mattos, que começou a trabalhar pelo clube em dezembro de 2014, já foram feitas 33 contratações, sendo 25 para o ano passado e oito para 2016. O diretor sustenta que as contratações para esta temporada foram feitas para substituir os jogadores que saíram e, no caso dos armadores contratados, para suprir uma deficiência no setor de meio de campo.

Na virada do ano, saíram o goleiro Aranha, os zagueiros Jackson e Victor Ramos, os volantes Andrei Girotto e Amaral e o atacante Kelvin. Vieram o goleiro Vagner, os zagueiros Edu Dracena e Roger Carvalho, os volantes Rodrigo e Jean, os meias Régis e Moisés e o atacante Erik. Por enquanto, Dracena é o único com vaga na equipe titular.

- O Cuca não tem responsabilidade nenhuma nisso aí, nem para o bem e nem para o mal. Se tivesse vencido os dois jogos, também não seria porque o Cuca chegou. Na verdade, nós estamos com um problema de equipe desde o ano passado. Estão insistindo em falar que o Marcelo (Oliveira) foi trocado agora. O Marcelo poderia ter sido trocado no fim do ano, nós não trocamos, trocamos jogadores. Mexemos primeiro no elenco. Agora, sim, houve a troca, porque não está tendo evolução. Ainda é reflexo da não evolução do Palmeiras. O Cuca precisa do tempo dele, a responsabilidade dele é zero. A responsabilidade é dos jogadores e da direção - acrescentou Mattos.



Fonte: LanceNet!
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário