-

Marcelo elogia time e espera que goleada traga força psicológica


Ufa. Pela primeira vez na temporada, o Palmeiras venceu dois jogos seguidos. Depois de bater o Rosario Central, na quinta-fera, a equipe treinada por Marcelo Oliveira goleou o Capivariano por 4 a 1, neste domingo. Resultados que colocaram a equipe na liderança tanto da Taça Libertadores quanto do Campeonato Paulista e, acredita seu técnico, podem dar tranquilidade emocional aos jogadores depois de tanta pressão no início da temporada.

– Gostei muito da vitória, agora somos os primeiros na Libertadores e no Paulistão. O time foi mais consistente durante o jogo. Espero que esses primeiros lugares na duas competições possam nos fortalecer emocionalmente, psicologicamente, para buscar mais vitórias – analisou, dias depois de ter visto sua equipe sofrer para ganhar na Libertadores.

– A vitória sempre representa confiança, tranquilidade, fortalecimento. Conviver com vitórias é muito melhor. Eu acho que, independentemente da tradição ou da qualidade do adversário, a gente pode complicar o jogo se não estiver atento, bem concentrado. 

Até isso aconteceu no gol que levamos, era evitável. Esse tipo de descuido pode custar caro – acrescentou.

O descuido a que ele se refere foi de Egídio. O Palmeiras fazia uma partida tranquila, vencia por 1 a 0 (com gol de Allione), até os 29 minutos do primeiro tempo, quando o lateral-esquerdo desistiu da marcação e deixou Rodolfo livre dentro da área para empatar. Mas Thiago Martins, Cristaldo e Alecsandro também marcaram e garantiram três pontos.

Agora com 12 pontos e na primeira colocação do Grupo 2, o time também se afasta da zona intermediária da classificação geral e salta para o sexto lugar. Tranquilo no segundo tempo, Marcelo Oliveira se deu ao direito, inclusive, de preservar alguns jogadores para o duelo de quarta-feira, frente ao Nacional, do Uruguai, pela Libertadores, na arena.

– Tínhamos preocupação depois do 3 a 1 com o físico de alguns jogadores. O Lucas é o único lateral que temos à disposição para o Paulista e tomou cartão amarelo. Ele vai ser o lateral para jogar o clássico (com o São Paulo). Tenho essa preocupação também para o jogo contra o Nacional – explicou.

A preparação para o duelo do torneio sul-americano começa na tarde desta segunda-feira, na Academia de Futebol. Mas o único treino com os titulares em campo será no dia seguinte.



Fonte: GE
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário