-

Após luta contra a degola, lesão e reserva, Allione comemora boa fase


Depois de sair do banco contra o Rosário Central e garantir a vitória do Palmeiras, o meia Allione foi titular na goleada por 4 a 1 sobre o Capivariano, neste domingo. Em boa fase, o meio-campista lembra os momentos difíceis no Alviverde, com lesões e luta contra o rebaixamento. Agora, vibra com o momento positivo.

- É uma montanha-russa. Cheguei em 2014, quando as coisas não estavam bem. Depois, no começo do ano, me machuquei. Quando voltei, comecei a jogar, mas não como queria. Agora, as coisas estão melhorando e espero que continuem assim - disse o jogador, em entrevista ao "Seleção SporTV".

Além de Allione, o atacante Cristaldo também brilhou nas duas últimas partidas do Palmeiras. Mas o meia acredita que o fato de os dois serem argentinos não explica o bom entrosamento da dupla.

- A gente treina junto há muito tempo. Se fosse o Alecsandro ou o Barrios, acho que também daria certo. A gente trabalha muito, se concentra bem nos treinos e o entrosamento sai daqui.

Em 2015, depois de começar o ano como titular, Allione sofreu uma lesão no joelho direito e precisou passar por cirurgia no começo de abril. O meia se recuperou em agosto, mas não teve tantas oportunidades.

- Não sei se foi uma temporada perdida, mas machuquei quando eu estava jogando e era titular. Para todos os jogadores não é nada legal se machucar, ainda mais quando você está jogando. Voltei em agosto e não tive tanta sequência. O time estava bem, estava entrosado. Ganhamos uma Copa do Brasil e acho que não foi um ano perdido por isso. Ganhamos a Copa do Brasil e fomos para a Libertadores.

No início deste ano, Allione despertou o interesse do Inter e do Rosário Central. O Palmeiras não aceitou negociar o jogador, que agora espera aproveitar a boa fase e se firmar.

- É lógico que fico feliz, porque me falaram que eu era importante e que eu ia jogar. Eu fiquei e também fico feliz por ter ofertas. Isso mostra que a gente faz um belo trabalho quando joga. É muito bom que o Palmeiras queria que eu ficasse. Agora, graças a Deus, as coisas estão dando certo.



Fonte: Globo Esporte
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário