-

Rafael Marques cobra colegas: “Não venceremos jogando assim”


Com apenas duas vitórias em oito partidas oficiais, sem ganhar dentro de casa nesta temporada e acumulando derrotas para Linense e Ferroviária no Palestra Itália, o Palmeiras sofre cobranças ainda maiores internamente. De olho no duelo de quinta-feira, quando o time recebe o argentino Rosario Central pela Copa Libertadores da América, Rafael Marques exige mudança.

“Sabemos que, se na quinta-feira jogarmos como contra a Ferroviária, dificilmente sairemos com a vitória de campo”, admitiu o atacante durante sua participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, nesse domingo. Avisando que, há dois meses, a equipe fazia o que se pede e foi campeã da Copa do Brasil.

“Não podemos oscilar assim. Temos de melhorar e voltar a fazer o que fazíamos antes. Estamos procurando conversar para ver o que fazer. Precisamos criar essa responsabilidade entre nós, jogadores, nos cobrando por vitórias. Estávamos marcando no ano passado, jogando com posse de bola. Por que deixamos de fazer?”, questionou.

O jogador manteve o discurso adotado há três semanas, quando o capitão Zé Roberto exigiu que o elenco estivesse “fechado” com o técnico Marcelo Oliveira. “O que basta somos nós, jogadores, passarmos a ter um padrão de jogo. É uma coisa que estamos tentando melhorar, cobrando entre nós. O Marcelo também pede”, disse Rafael Marques.

A solução, entretanto, passa por treinos. E o atacante, assim como Marcelo Oliveira, vê falta de tempo. “Precisamos treinar, não adianta chegar e dar palestra. Desde que começou o campeonato, não tivemos uma semana cheia. Temos sempre um jogo no meio de semana”, avisou. “Mas isso não é desculpa. Não podemos falar nada porque já estamos desde o ano passado com esse elenco”, confessou Rafael Marques.



Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário