-

Marcelo nega pressão no Verdão: Não ganhei títulos na loteria


O início instável de temporada do Palmeiras não deixa o técnico Marcelo Oliveira preocupado em relação à pressão no cargo. Após dois empates consecutivos pelo Campeonato Paulista, contra São Bento e Oeste, o comandante disse não notar reclamações da torcida alviverde nos primeiros jogos de 2016.  
Na última quarta-feira, após igualdade sem gols com o Oeste em São José do Rio Preto, o Palmeiras deixou o gramado do estádio Anísio Haddad sob vaias. Nesta sexta, antes de partir para a sala de imprensa, Marcelo conversou com o diretor de futebol Alexandre Mattos e com o gerente Cícero Souza à beira de um dos campos. 
– Essa pressão imensa vem de onde? No estádio? Não percebi. Vejo sempre a torcida sempre cantando. Claro que um ou outro atrás do banco é normal. Estou acostumado. No Brasil precisamos de resultado, se possível jogar bem. O anseio é o mesmo meu. Eu também me cobro muito. Não tem problema com isso. Tem de ajustar no dia a dia, buscar vitórias, que sejam convincentes – afirmou Marcelo, em entrevista coletiva nesta sexta-feira. 
Em busca de afirmação, o Palmeiras volta a campo neste sábado, às 17h (horário de Brasília), contra o Linense, na arena. Será a primeira partida do Verdão em seu estádio neste ano. Na terça, a equipe estreia na Libertadores, diante do River Plate do Uruguai, fora de casa.
Share on Google Plus

About Palmeiras WebTV

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário