-

Fã de Zé Roberto e pupilo de Arouca, Matheus Sales vê reserva como lição


Matheus Sales foi um dos destaques na decisão da Copa do Brasil conquistada pelo Palmeiras há dois meses, tanto que ainda ouve que tem o santista Lucas Lima “no bolso”. Mas, desde então, o volante chegou a ficar até fora do banco. Aos 20 anos, porém, o jogador entende o momento como aprendizado.

O camisa 26 tem apenas 11 jogos como profissional e encara lições do que vem acontecendo em sua carreira. A oportunidade do jogador é atuar ao lado de Zé Roberto, seu ídolo, e aproveitar conselhos de Arouca, volante que o adotou como pupilo no ano passado, quando Matheus subiu já como titular diante das falhas de Amaral e da lesão de Gabriel.


“Um cara que conversei bastante quando subi, naquela reta final da Copa do Brasil, foi o Arouca. Eu estava no vestiário e ele sentou, conversou, me explicou algumas coisas”, lembrou Matheus. “Um cara que me espelho e sempre falo, que a minha família admira, é o Zé Roberto. Primeiramente como pessoa, porque tem muito caráter. Como jogador, também”, prosseguiu.


Construindo sua história, Matheus Sales acabou deixando Arouca no banco e foi titular diante do Santos no sábado, jogando até mais adiantado do que costuma. “Preciso procurar me adaptar ao que o professor pede, mas me senti bem. Tive uma atuação regular”, avaliou-se o volante, substituído por Gabriel Jesus no segundo tempo pouco após levar cartão amarelo.


Apesar da atuação destacada, já que praticamente não errou em campo, o camisa 26 não sabe se continuará como titular. Sua posição passou a ter mais concorrência com a volta de Gabriel, a contratação de Jean e a liberação de Thiago Santos para qualquer torneio – em 2015, estava impedido de jogar a Copa do Brasil. Mas voltar ao banco não é algo que entristece Matheus Sales.


“É normal. O grupo tem bastante jogador de qualidade. Uma hora vou jogar e, em outra, vou ficar no banco. Preciso trabalhar para buscar espaço, e foi um aprendizado também por ser o meu primeiro ano no profissional. Vou conquistando aos poucos”, indicou o volante, tranquilo.




Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário