-

Dudu dá sua 'cara' ao Palmeiras e dobra número de gols na carreira


Há um ano, Dudu chegou ao Palmeiras depois do famoso chapéu em cima de Corinthians e São Paulo. Os quase R$ 20 milhões gastos em um atacante que até então havia marcado só 15 gols na carreira fizeram com que muitos considerassem o investimento arriscado. Só que o camisa 7 começa 2016 como terminou 2015: em alta. Artilheiro no ano passado com 16 gols, o atacante mais do que dobrou seu número de gols em uma temporada no Verdão e deu a cara do time na estreia no Campeonato Paulista, domingo.

Mesmo que Marcelo Oliveira tenha treinado para que o time toque mais a bola, o Verdão foi mais perigoso contra o Botafogo-SP em lances velozes, aproveitando uma das melhores características de Dudu.

Atacante de lado de campo com Oswaldo de Oliveira, o jogador de 1,66m atua mais centralizado com Marcelo Oliveira. Embora comece como um meia, Dudu tem liberdade para se movimentar em todo campo à frente: foi na esquerda que ele deu o drible desconcertante em dois rivais (leia mais abaixo), e ele era o jogador mais avançado do time no contra-ataque que matou o jogo de domingo, com um gol seu.

– Quando fiz o gol contra o Botafogo, roubamos a bola rápido, eu estava mais adiantado e o Robinho fez um lindo lançamento. Na final (da Copa do Brasil), eu estava mais centralizado. Alguns falam que eu rendo melhor aberto, não acho. No primeiro semestre, quando joguei assim, não fiz tantos gols, e agora estou conseguindo ajudar mais - analisou o jogador.

Artilheiro na temporada passada com 16 gols, além de 12 assistências, Dudu sabe que será sempre cobrado por tudo que envolveu sua chegada. Querido pela torcida e decisivo no título da Copa do Brasil ao marcar os dois gols da decisão, o atacante não se vê como estrela. Mas é inegável que o ritmo do time palmeirense, de novo, passará muito por aquilo que o camisa 7 fizer.

– Eu cheguei com grande expectativa, de uma grande contratação e no começo do ano passado as coisas não estavam acontecendo bem, teve o caso no Paulista. Vi que tinha de mudar, de dar uma resposta pelo tanto de dinheiro que investiram em mim. A comissão do Marcelo me ajudou muito, falavam que eu tinha de fazer mais gols, entrar mais na área, que ele ia me ajudar. Estou retribuindo bem - encerrou.

Dudu viu drible ‘cem vezes’

Dudu contou que viu ‘cem vezes’ o drible que deu em dois jogadores do Botafogo-SP, no domingo. Em um lance rápido pelo lado esquerdo, o camisa 7 colocou a bola entre as pernas do rival após um toque de letra e foi para dentro da área. Seus amigos repetiram a jogada exaustivamente.

– Já vi umas cem vezes, porque o pessoal me marca no Instagram, meus amigos de Goiânia me mandam no WhatsApp (o vídeo do drible) – brincou.



Fonte: LanceNet!
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário