-

Para repetir Gabriel Jesus, Verdão dá atenção especial a apostas da base


Em um ano, Gabriel Jesus passou de promessa do sub-17 do Palmeiras a titular e campeão da Copa do Brasil pelo time principal. O garoto é tratado como exemplo nas categorias de base do Verdão, que tem outros candidatos a craque sendo lapidados e já com expectativa em alta. 

Na Copa São Paulo de Futebol Júnior, que começa neste sábado, Vitinho é uma das apostas do técnico João Burse. Nascido em 1998, o meio-campista jogará no sub-20 pela primeira vez, assim como Gabriel Jesus fez na Copinha do ano passado.

Ele acredita que a integração entre base e time profissional, promovida pelo clube na Academia de Futebol, pode pesar a favor do Palmeiras. 
– É meu primeiro ano no sub-20, mas não tem muita diferença. Todo mundo está na mesma barca, no mesmo clube, e um trata bem o outro. É importante ter oportunidade para mostrar o que sabemos. Às vezes estamos jogando e ninguém está olhando. Agora estamos mais próximos. É importante para mostrar nosso futebol – afirmou Vitinho. 

O garoto se destacou também pela seleção brasileira sub-17, na qual vestiu a camisa 10 em diversas oportunidades. Atleta mais jovem do elenco palmeirense, que estreia na Copa São Paulo neste domingo, às 17h (horário de Brasília), contra o Sampaio Corrêa, Vitinho assegura que não se deslumbra com o sucesso precoce. 

– Alguns deixam subir à cabeça, mas para mim é uma coisa muito tranquila, eu soube me acostumar e aproveitar as oportunidades. São camisas de um peso enorme, eu só procuro jogar meu futebol – resumiu. 

Alan Guimarães entre familiares e empresário: atleta é aposta do Palmeiras no sub-15 (Foto: Divulgação)

Outro atleta tratado como joia pelo Palmeiras é o meia Alan Guimarães, do sub-15. Captado no futsal do clube, o jogador passou a atuar no campo, também vestiu a camisa 10 da seleção brasileira em sua categoria, conquistou o título sul-americano e ainda foi eleito melhor jogador da final contra a Colômbia. 

– Jogar na Seleção sempre foi um sonho. Ser campeão do torneio mais importante da categoria... É levar com naturalidade e humildade para chegar ao profissional. Já conversei com o Gabriel Jesus. Ele me dá muitos conselhos e fala para eu me manter com os pés no chão – resumiu. 

Atletas que se destacam pelo potencial na base do Palmeiras, como é o caso de Alan, ganham atenção especial da diretoria. Um trabalho individualizado, que envolve diálogos constantes e investimento na tentativa de encontrar um futuro ídolo para o clube. 

– Com alguns atletas que demonstram desde cedo essa capacidade de evolução, tentamos ficar mais perto da família e do próprio atleta. Com boa parte dos jogadores eu mantenho algum contato diário, algumas conversas, e um controle maior nos aspectos técnico, físico e psicológico – explicou João Paulo Sampaio, coordenador da base alviverde.



Fonte: Globoesporte.com
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário