-

'Fora da curva', Zé Roberto impressiona aos 41 anos


Minutos após levantar a taça da Copa do Brasil como capitão do Palmeiras, em dezembro do ano passado, Zé Roberto cogitou parar de jogar futebol. Viu no título a possibilidade perfeita de fechar uma vitoriosa carreira em alta. 

Quem vê o jogador na pré-temporada do Verdão tem certeza: aos 41 anos, Zé está pronto para muito mais. 
Após quase todos os treinos da equipe em Itu, Zé Roberto foi visto correndo em volta do gramado. Os exercícios complementares são rotina para o atleta mais experiente do elenco do Palmeiras, que continua surpreendendo os profissionais responsáveis pela preparação do grupo. 

– Ele é completamente fora da curva, em vários aspectos, não só na genética. Ele é fora da curva no comportamento profissional. Estou no futebol há 25 anos e vi poucos jogadores manterem o foco como ele mantém. Raramente algum atleta chega aos 41 anos, tendo conquistado tudo, jogado na Seleção, na Europa, mantendo essa chama acesa. A dele é alta. É uma labareda – explicou Altamiro Bottino, coordenador científico do clube. 

– O Zé Roberto tem uma genética privilegiada. Um atleta chegar a essa idade, com essa condição... Ele só potencializou essa genética porque é extremamente dedicado, disciplinado e toma todos os cuidados. Por isso ele realiza todos os treinamentos trabalhando em alta intensidade e com qualidade – complementou o preparador físico Juvenilson de Souza. 

No momento, os preparadores vêm passando trabalhos para aumentar ainda mais o nível de força de Zé Roberto, já que em outros fatores, como capacidade de resistência e padrão de movimento, o veterano se sobressai. Apesar da intensa preparação, é inevitável que ele fique fora de algumas partidas ao longo da temporada. 
– É evidente que se for um período longo de quarta e domingo vamos ter de tirar ele de alguns jogos. Aí vamos analisar. Mas não é só ele, muitos não suportarão. Jogos com três dias de recuperação são insuficientes, o atleta entra no jogo ainda em processo de recuperação – explicou Juvenilson. 

Além da contribuição dentro de campo, Zé Roberto também é considerado um exemplo para os jogadores mais jovens. Com o trabalho de integração entre a base e a equipe profissional cada vez mais intenso, o clube acredita que pode motivar atletas que estão começando agora a conduzirem suas respectivas carreiras como fez o veterano. 
– O sujeito olha e vê um cara que conquistou tudo e ainda puxa fila, é o primeiro a chegar no treino, não reclama de nada. Ele acaba virando uma referência útil a todos – disse Bottino. 

No ano passado, Zé Roberto, que completa 42 anos no dia 6 de julho, disputou 51 partidas e marcou sete gols com a camisa do Palmeiras. O contrato dele com o clube vai até dezembro deste ano.



Fonte: Globoesporte.com
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário