-

Após sofrer três lesões em 2015, Arouca defende departamento médico


O Palmeiras já teve quatro jogadores com problemas físicos em menos de um mês de pré-temporada, gerando críticas ao departamento médico do clube. Mas Arouca, que teve três lesões musculares no ano passado, se usa até como exemplo para garantir a qualidade dos profissionais da comissão técnica.

“São criticas injustas ao departamento médico. Fui exemplo disso no ano passado, quando sofri duas lesões bem sérias, com previsão de volta em dois ou três meses e voltei em um mês”, lembrou o volante, que teve duas contusões na coxa esquerda e, em outubro, sofreu com o desprendimento do músculo atrás do joelho direito.

“O Palmeiras tem os melhores profissionais no ramo, a melhor tecnologia e os melhores aparelhos. Eles têm feito de tudo para não ter lesão. Mas não tem como cravar que ninguém se machucará, todos estão sujeitos a lesões. É um esporte de contato e que exige bastante do corpo”, argumentou o jogador.

Em 2016, o meia Cleiton Xavier sofreu lesão na panturrilha direita, com volta prevista em dois meses, o zagueiro Edu Dracena machucou a panturrilha direita também, mas com retorno de três semanas, o volante Rodrigo torceu o tornozelo direito, com recuperação em três semanas, e o zagueiro Vitor Hugo tem edema muscular.

De qualquer forma, a pré-temporada é exaltada por Arouca. “Minhas lesões no ano passado foram até raras no meio do futebol, muitos não sabem explicar o motivo. Mas pode ter sido fundamental não ter feito pré-temporada com a equipe, é importantíssimo aguentar a maratona o ano todo”, comentou Arouca, avisando que jamais tirará o pé.

“De maneira nenhuma. Em nenhum momento tiro o pé. Quando se entra em campo, não tem como dosar pensando em lesão. Temos profissionais fazendo trabalhos de prevenção, mas, quando tem que acontecer, não tem como evitar. O Paulista e a Libertadores são competições que exigem bastante, não podemos dar brecha”, indicou o meio-campista.



Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário