-

Jackson supera dor para realizar sonho e só pensa em ficar no Verdão


Emprestado pelo Inter até o final deste ano, Jackson manifesta sua vontade de renovar com o Palmeiras, até pelo que viveu na temporada. Para realizar o sonho de ser campeão da Copa do Brasil, o zagueiro de 25 anos superou rivais “chatos” como Fred e Ricardo Oliveira e até cãibras no momento em que converteu seu pênalti na decisão.

“Eu estava com muita cãibra. Desde os 20 minutos do segundo tempo, eu já estava com cãibra. Mas ali, na hora, já sumiu tudo porque passa um filme na cabeça da gente, de toda a nossa trajetória. Eu já não sentia mais nada”, relatou o jogador à Gazeta Esportiva.

Os problemas físicos eram tão evidentes que o técnico Marcelo Oliveira questionou a Jackson sobre suas condições para bater pênalti diante do Santos. “O Marcelo perguntou se eu estava bem para bater e tínhamos que passar confiança para ele. Treinamos bem durante a semana e Deus me abençoou, tirou todas as dores que eu estava sentindo. Pude concluir no gol para ajudar a equipe”, lembrou Jackson, que já tinha feito sua parte em cobrança na semifinal, contra o Fluminense.

Além do pênalti, o zagueiro celebra por não ter caído nas provocações dos veteranos centroavantes de Fluminense e Santos. “Não podemos nos intimidar. É a forma de eles jogarem, tentando desestabilizar o zagueiro e tirar algum jogador nosso. Era necessário ter tranquilidade e a cabeça no lugar para exercer o que o Marcelo tinha pedido. Graças a Deus, no final, deu tudo certo”, ensinou, já pensando na Libertadores.

Para disputar o torneio, contudo, Jackson precisa do acerto entre Palmeiras e Internacional. O Verdão mostrou interesse, até por ver a ascensão do jogador na reta final da temporada após o zagueiro participar do constante rodízio entre os parceiros de Vitor Hugo, único titular absoluto ao longo do ano.

“Graças a Deus, o sonho do título virou realidade. Fico muito feliz por terminar o ano como titular e com esse título importantíssimo para o Palmeiras e para mim”, comemorou, ansioso pela definição de seu futuro. “A minha vontade é permanecer, todos sabem disso. Tenho contrato com o Inter até 2017, mas quero ficar em definitivo no Palmeiras”, declarou.



Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário