-

Gestor da Arena garante aprendizado e campo melhor em 2016


Nesta quarta-feira, Palmeiras e Santos fazem a final da Copa do Brasil, na arena do Alviverde. Embora o campo seja a sede da decisão do segundo torneio mais importante do país, os gestores do estádio não estão plenamente satisfeitos com a qualidade do gramado.

Em entrevista ao "Redação SporTV", o CEO da WTorre Entretenimento (que gerencia a arena), Rogério Dezembro, afirma que a grama estará melhor em 2016, depois de alguns problemas "de aprendizado".
- Os problemas que tivemos no gramado foram problemas de aprendizado, de como lidar com o gramado. 

Não tiveram nada a ver com os shows. O problema é porque é uma área muito verticalizada, com muitas áreas de sombra. O gramado é um ser vivo (...) Nós pagamos um preço no começo do ano, para aprender a lidar com esse ser vivo, o gramado. Mas ainda temos alguma coisa para acertar, porque não estamos felizes com o que aconteceu neste ano - afirmou o gestor.

Rogério Dezembro lembrou que a Arena foi sede dos shows da banda Muse (no dia 24 de outubro) e da cantora Ariana Grande (no dia seguinte). No dia 28, apenas três dias após os eventos, o Alviverde entrou em campo e venceu o Fluminense por 2 a 1. Por isso, acredita que os shows não prejudicam a qualidade do gramado.

- Os shows, hoje, a tecnologia que existe permite que se proteja muito bem o gramado. Tivemos dois shows na sequência, da banda Muse e da Ariana Grande, e logo depois tivemos o jogo contra o Fluminense, pela semifinal da Copa do Brasil. O clube e a federação fizeram uma vistoria e viram que o piso estava em condições de fazer a bola. 

O que o show provoca é um estado visual não muito bonito. A grama não pega a mesma quantidade de sol e fica com coloração diferente.



Fonte: SPORTV
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário