-

Após ano ruim, Cleiton Xavier mira boa preparação para a Libertadores


O meia Cleiton Xavier foi uma das atrações do jogo beneficente organizado pelo zagueiro Jackson, na Arena Pantanal, no sábado. Apesar da temporada abaixo da expectativa e de não ter ido a campo em Cuiabá por prevenção, a pedido do departamento médico do Palmeiras, o meia foi muito assediado pelos torcedores.








Sem poder ir a campo, Cleiton Xavier ficou como treinador da equipe (Foto: Christian Guimarães)


Repatriado pelo clube em 2015, depois de uma boa primeira passagem entre 2009 e 2010, Cleiton Xavier não atua desde 19 de agosto, quando fez a última de suas 17 partidas na temporada. Desde então, recupera-se de duas lesões musculares em sequência. Um desempenho ruim, ele reconhece.

– Infelizmente, tive contusões. Pessoalmente, não foi um ano legal. Fiquei triste, foi difícil. Mas tenho certeza de que ano que vem vai ser melhor. A torcida do Palmeiras pode esperar que será totalmente diferente – prometeu o jogador, que chegou a ser relacionado para a final da Copa do Brasil, mas ficou no banco.

– A lesão está zerada, agora é focar a parte física e fazer uma boa pré-temporada para voltar 100%. Voltei da Ucrânia com a temporada em andamento. Isso me atrapalhou. Não tive uma preparação adequada para o retorno ao futebol brasileiro. Faz muitos anos que não faço uma pré-temporada. Foi tudo muito corrido quando voltei. O corpo demorou a se adaptar.

Apesar de citar a falta de tempo para treinos e readaptação, Cleiton ficou cerca de dois meses treinando no Palmeiras enquanto aguardava a regularização de sua documentação. Ainda assim, ao final da temporada, o presidente Paulo Nobre elogiou o departamento médico e demonstrou confiança no jogador para 2016.

– Fico feliz pela confiança do presidente e da torcida. Espero retribuir todo o respeito e carinho que eles têm por mim. Eu entendo e acho normal apontarem meu nome como uma contratação ruim, sou conhecedor disso. Mas quero trabalhar e procurar o melhor da minha parte física. 

Entre os objetivos da próxima temporada, está a Taça Libertadores. Em 2009, com a camisa alviverde, Cleiton marcou um gol decisivo, nos últimos minutos da partida contra o Colo Colo, que garantiu classificação ao mata-mata – o time foi eliminado nas quartas de final. 
– Tenho essa história legal pela Libertadores com o Palmeiras. Espero que possamos terminar o que deixamos pelo caminho naquele ano e buscar o título na próxima temporada – falou.



Fonte: Globoesporte.com
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário