-

Sem se garantir no time, Arouca supera susto e destaca recuperação


Peça fundamental do esquema tático palmeirense, Arouca não se garante em campo para enfrentar o Santos na quarta-feira, pelo jogo de ida das finais da Copa do Brasil, na Vila Belmiro. Mas o discurso comedido do volante é muito mais por humildade e respeito ao técnico Marcelo Oliveira, já que ele está totalmente recuperado de uma grave lesão muscular.

No dia 4 de outubro, o jogador sentiu uma lesão no primeiro tempo da partida contra a Chapecoense, disputada na Arena Condá. No dia seguinte, o diagnóstico de uma desinserção muscular na parte posterior do joelho direito preocupou atletas e comissão técnica.

No último domingo, porém, Arouca atuou 90 minutos contra o Cruzeiro, e está garantido nos clássicos decisivos contra o Santos.

– Assustou, foi uma lesão parecida com a que eu tive no Paulista. É chata e até rara no futebol. Alguns especialistas falaram que eu não voltaria a atuar neste ano. Graças ao departamento médico e a fisioterapia do Palmeiras, o empenho que eles tiveram comigo, voltei com um mês e meio. Era grave, (a recuperação) seria em torno de três meses – disse o volante.

Nesta segunda-feira, os atletas assistiram a vídeos e depois fizeram um trabalho tático. Segundo Arouca, Marcelo Oliveira ainda não definiu a equipe que entra em campo na Vila. Questionado sobre a chance de ser titular, o volante desconversou.

– Fico feliz de estar recuperado. Os profissionais do Palmeiras souberam trabalhar bem e pude me recuperar mais rapidamente. Não sei se vou jogar, estou à disposição do professor Marcelo. Joguei 90 minutos (contra o Cruzeiro), não senti nenhum incômodo. Espero ajudar o Palmeiras a conquistar o título, iniciando ou não – afirmou.

Sem poder contar com Thiago Santos, que já atuou na Copa do Brasil deste ano pelo América-MG, Marcelo Oliveira tem à disposição para o setor Arouca, Amaral, Andrei Girotto e Matheus Sales.

Se o treinador optar por manter a formação que vem atuando nas últimas rodadas, Amaral e Arouca devem ser escalados entre os titulares. Matheus Sales e Zé Roberto seriam opções para uma escalação mais ofensiva na Vila Belrmiro, com Arouca recuado, próximo aos zagueiros.

– Teve um trabalho tático. (Marcelo Oliveira) não conversou comigo ainda. Tem tempo até quarta-feira, tem mais um treino. Jogando de primeiro ou segundo volante, espero que o Palmeiras faça um bom jogo – disse Arouca.



Fonte: Site Oficial
Share on Google Plus

About Vinicius Santos

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário