-

Gabriel Jesus apenas corre no campo, e Cleiton Xavier treina separado


O penúltimo treino do Palmeiras durante a estadia em Atibaia começou com certo atraso, o que acarretou em um sol mais baixo que não causou tanto desgaste aos atletas. Após defender a Seleção Brasileira olímpica em dois amistosos, o atacante Gabriel Jesus encontrou o grupo no interior na hora do almoço e veio a campo apenas para correr. O meia Cleiton Xavier, que está fora dos gramados há quase três meses, seguiu treinando em separado do grupo.

Artilheiro do time logo em sua primeira Copa São Paulo de Juniores, no início do ano, Gabriel Jesus subiu para o principal ainda sob comando de Oswaldo de Oliveira, mas parece ter desencantado a partir da mudança no comando técnico. Após marcar seu primeiro gol como profissional contra o ASA, decidindo a classificação do time às oitavas da Copa do Brasil, Jesus se consolidou como titular não só do Verdão, mas também da Seleção Brasileira que se prepara para os Jogos Olímpicos do Rio.

Convocado frequentemente pelo técnico Rogério Micale desde a Copa do Mundo sub-20, disputada entre maio e junho, quando o Brasil ficou com o vice-campeonato ao perder para a Sérvia na final, Gabriel Jesus forma a base das últimas listas. Neste ano, dos cinco amistosos da Seleção olímpica, só não esteve presente diante da França. Nos mais recentes, em Recife (PE), diante dos Estados Unidos, atuou como titular e em Belém (PA), no último domingo, entrou no segundo tempo.

Depois de uma semana fora do grupo, Gabriel Jesus já almoçou com o elenco nesta segunda. De tarde, durante o aquecimento dos demais, apenas deu voltas no gramado em trote moderado, devendo trabalhar com bola na atividade de terça-feira, a última do grupo nesta estadia em Atibaia (SP). Além dele, outros cinco jogadores da base integram a delegação no interior. São eles os garotos Juninho, Jobson, Julen, Lucas Taylor e Matheus Sales.

Fora dos gramados desde 19 de agosto, abatido por lesões musculares consecutivas, Cleiton Xavier seguiu seu programa de recondicionamento físico, que envolveu longo processo de reforço muscular e, agora, está na fase de transição para o campo. Alguns minutos depois do grupo, o meia desceu ao campo, participou dos trabalhos de alongamento e, na hora da dinâmica, foi para um campo anexo treinar com bola separadamente.



Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

About Unknown

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário